O boato da semana que envolve Beto, Miki e o PSD de Danrlei - oreporter.net - Notícias de Cachoeirinha e Gravataí
Danrlei e Miki: troca de partido é especulação - Foto: Roque Lopes/oreporter.net

O boato da semana que envolve Beto, Miki e o PSD de Danrlei

Possível troca de partido circula no meio político a partir de uma especulação que Beto Albuquerque, aliado de Miki, estaria pensando em deixar o PSB

Cachoeirinha – Uma possível ida de Beto Albuquerque, ex-candidato a vice-presidente em 2014 e atual vice-presidente nacional do PSB para o PSD, do deputado federal Danrlei de Deus, não passa de especulação.

A troca poderia significar que o prefeito Miki Breier viesse a acompanhar Beto, já que integram o mesmo grupo dentro da agremiação. Nesta quinta-feira (4), durante a posse do secretário de Cultura, Alécio da Rosa, a saída de Beto e Miki do PSB foram tratadas como boato. E ninguém sabe como surgiu.

A presidente estadual do PSD, Letícia Boll Vargas, ressaltando que a relação com Beto é muito boa, afirmou que nunca existiu nenhuma conversa nesse sentido. O deputado federal Danrlei acrescentou para oreporter.net que Beto está muito bem em Brasília trabalhando pelo PSB e não acredita em uma troca.

“Não ouvi nada sobre isso em Brasília, mas se ele tiver a vontade será muito bem-vindo. Estamos abertos para conversar.” O presidente do PSD em Cachoeirinha, Paulinho da Geral, revelando ser “muito forte o boato em Porto Alegre”, destacou que não acredita que Beto, Miki e seu grupo venham a deixar o PSB. “Nós estamos trabalhando para a reeleição de Miki pelo PSB e com o apoio do nosso partido.”

O prefeito Miki Breier argumentou que não ouvir falar nada sobre a especulação e enfatizou que tanto ele quanto Beto estão se sentindo muito bem dentro do partido. O vice-prefeito, Maurício Medeiros, que estava ao lado de Miki durante a entrevista, aproveitou para brincar: “Se for sair, que venha para o PMDB.”

Um dos mais antigos no PSB, que esteve envolvido diretamente no ingresso de Miki e José Stédile no partido, Juliano Paz, acredita que o boato pode ter surgido ainda em função da derrota de Beto na disputa com José Stédile pela presidência estadual da sigla. Mas ele descartou qualquer possibilidade de mudança, enfatizando que se houvesse uma debandada ele seria o último a ficar para apagar a luz.

Beto Albuquerque disse à reportagem que não pensa em sair do PSB. “Nunca pensei. Sou vice-presidente nacional do partido e tenho 34 anos de filiação no meu único partido. Eventuais dificuldades e desavenças internas são insignificantes diante da nossa história partidária e parlamentar no PSB”, frisou.

Compartilhe essa notícia
error: Não autorizamos cópia do nosso conteúdo. Se você gostou, pode compartilhar nas redes sociais.