Fernando Medeiros volta para a base de apoio ao Governo Miki - oreporter.net - Notícias de Cachoeirinha e Gravataí
Miki e Maurício reunidos com os vereadores da base - Foto: Reprodução Twitter

Fernando Medeiros volta para a base de apoio ao Governo Miki

Presidente da Câmara argumenta que tomou a decisão porque pode articular agora a execução de projetos importantes que defende para beneficiar a população

Cachoeirinha – O presidente da Câmara de Vereadores de Cachoeirinha, Fernando Medeiros (PDT), decidiu voltar para a base de apoio ao Governo Miki/Maurício. Bem cotado em pesquisas eleitorais de grupos políticos para vencer a corrida à prefeitura em 2020, chegando a aparecer na frente de Miki em pelo menos uma delas, Fernando Medeiros já vinha negociando seu retorno à base há alguns dias e conversando com seus apoiadores para tomar a decisão.

“Eu estou bem nas pesquisas e já tinha até um Plano de Governo para defender durante a campanha para prefeito. Avaliamos que muitos projetos que eu defendia poderiam ser executados agora. Então, porque vou esperar até tomar posse se elas podem ser colocadas em prática imediatamente, beneficiando a população? Este foi o ponto principal que nos levou a decidir pelo retorno no apoio ao prefeito”, explica.

Fernando Medeiros revela alguns pontos que entraram na negociação. Um deles está na causa animal. O parlamentar queria o retorno das castrações e ampliação no número de veterinários, medidas que já estão sendo tomadas pelo Governo. Para ampliar as ações, a diretoria de Bem Estar Animal, que está na secretaria de Sustentabilidade, Trabalho e Desenvolvimento Econômico, vai ter o titular indicado por Medeiros.

Outro exemplo de decisões que podem ser tomadas agora pelo Governo são as obras para a construção de um novo prédio para a escola Deolinda Caetano Goulart, anunciadas em 2012 pelo então prefeito Vicente Pires. O projeto ficou no anúncio e acabou com o campo municipal de futebol localizado atrás do Cesuca.

“Queremos uma definição. Ou sai a obra da escola ou devolve-se o campo para a comunidade. Na conversa que tivemos com o prefeito ficou encaminhado que a escola poderá ocupar um espaço menor e sobrará uma área para um campo para futebol 7. O prefeito ficou de ir lá comigo para avaliarmos o local”, conta Medeiros.

Há ainda outras necessidades na região do bairro Princesa Isabel, como construção de calçadas em algumas ruas para livrar estudantes de caminhar no barro ou na pista de rolamento em dias de chuva.

O presidente da Câmara ressalta ainda que o destravamento da votação do Plano Diretor e a antecipação da devolução de R$ 500 mil das economias do Legislativo para a Prefeitura já integravam as tratativas de apoio ao Governo. Ele cita ainda um projeto de lei que pede autorizações do Legislativo para a conclusão das obras da Fernando Ferrari, orçada em R$ 17 milhões.

Fernando Medeiros não fala sobre isso, mas comissões importantes da Câmara são dominadas por oposicionistas e eles têm dificultado a tramitação de projetos fazendo várias solicitação de informações ao Executivo para embasarem pareceres. O projeto envolvendo a obra da Fernando Ferrari está há mais de 60 dias no Legislativo sem parecer e o presidente decidiu avocar para si, como prevê o Regimento Interno, a emissão de pareceres. Uma Sessão Extraordinária deverá ser realizada na próxima quinta para a matéria ser votada.

“Uma cidade dividida não multiplica resultados”, frisa Medeiros para resumir a decisão tomada de voltar a apoiar Miki e Maurício.

Como fica a base do Governo

Com o retorno de Fernando Medeiros, a base de apoio ao Governo Miki/Maurício passa de nove vereadores para 10. Com nove, Miki já garantia a maioria no Legislativo, mas nem sempre todos os parlamentares estão votando como o governo deseja.

E por vezes se evidencia uma falta de atenção de parlamentares que votam projetos sem se darem conta de que estão indo contra o Governo, como no caso da emenda polêmica à Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) que reduziu de 20% para 3% a autonomia do prefeito em remanejar recursos do orçamento sem autorização legislativa. A emenda acabou sendo revista na Sessão seguinte porque não havia sido comunicada no documento que relaciona as proposições recebidas pela Mesa Diretora e desta vez a base ficou ao lado do Governo.

No Twitter, o prefeito Miki Breier fez a postagem de uma foto ao lado de Maurício Medeiros e de todos os vereadores da base no final da tarde desta segunda-feira (21). Nela também estava o vereador licenciado Joaquim Fortunato, que é secretário de Segurança e Mobilidade.

Compartilhe essa notícia
error: Não autorizamos cópia do nosso conteúdo. Se você gostou, pode compartilhar nas redes sociais.