Falta de água em Cachoeirinha é tema de reunião na sede da Corsan - oreporter.net - Notícias de Cachoeirinha e Gravataí
A reunião ocorreu na sede da estatal - Foto: André Guterres/Divulgação

Falta de água em Cachoeirinha é tema de reunião na sede da Corsan

A reunião contou com a presença do deputado estadual Sergio Peres, o vereador Edison Cordeiro e presidente municipal dos Republicanos Nerisson Oliveira

Cachoeirinha – Na tarde desta terça-feira (7), o Deputado Estadual Sergio Peres, o Vereador e Presidente da Câmara Municipal de Cachoeirinha, Edison Cordeiro e o Presidente Municipal do Republicanos, Nerisson Oliveira, participaram de uma reunião com o Diretor de Operações da Corsan, André Beltrão Finamor na sede da empresa em Porto Alegre.
As queixas da população sobre as falhas de abastecimento nos bairros Canarinho, Anair, Chico Mendes e a região  embaixo das antenas, nas proximidades da ERS-118 foram levadas pelo trio de políticos do partido Republicanos. 

Finamor explicou que a região sofre com um grande número de ligações ilegais na rede de água, acabam impactando o serviço de abastecimento, seja pelas ligações realizadas de modo grosseiro, que causam um grande desperdício de água, seja pelo fato de que nas ligações clandestinas os usuários utilizam até três vezes mais água do que uma casa que tem uma ligação legal com a rede. Além disso, o grande desperdício faz com que a pressão na tubulação tenha uma diminuição, ajudando na falha do abastecimento e até na contaminação da água da rede, já que as aberturas ilegais que não são devidamente seladas, permitem a entrada de matéria indevida na tubulação de abastecimento. 

Indagado sobre a possibilidade de regularização das ligações clandestinas na região, Finamor explicou que não seria possível nesse momento, pois a área está em zona de risco, embaixo das antenas de alta-tensão e que não seria permitido pelo Ministério Público, que tem conhecimento do caso.

A saída, segundo Finamor, é a retirada das famílias do local e o seu assentamento em zona residencial adequada, mas isso seria tarefa da Prefeitura de Cachoeirinha, que já foi informada pela Corsan da impossibilidade de melhorias no abastecimento na região devido as moradias estarem localizadas em área de risco.  “Se a área não estivesse localizada em uma zona de risco, e por ser uma população carente, a Corsan implementaria o programa Água, Vida e Cidadania que foi criado para atender áreas de vulnerabilidade social”, comenta Finamor.

Os representantes do Republicanos solicitaram que a empresa liberasse caminhões Pipa para abastecer a localidade quando ocorrer falta de água, para ajudar a atender no mínimo as necessidades básicas dos moradores da região. A Corsan se comprometeu a atender essa demanda. “Vamos procurar a Prefeitura para verificar o que pode ser feito nesse caso, pois não é possível que  usuários que pagam sua mensalidade junto a Corsan sofram com as falhas de abastecimento por essa dificuldade em regularizar as ligações na zona de risco”, comenta o vereador Edison Cordeiro.

“Estamos aqui pedindo explicações pois somos cobrados pela população, tanto eu, quanto os vereadores Edison Cordeiro e Duda Keller. Já nos posicionamos outras vezes solicitando melhorias para o abastecimento dessa região. A vinda aqui foi importante pois queremos evitar o jogo de empurra, empurra entre a Prefeitura e a Corsan. O objetivo é buscar uma solução que atenda efetivamente os moradores do local”, finaliza o presidente do Republicanos, Nerisson Oliveira.

Também participaram da reunião, André Borges, Superintendente Regional da Corsan e Luciano Dotte, Coordenador Operacional da Corsan em Cachoeirinha.

LEIA MAIS

Rede da Corsan rompe e deixa três bairros sem água

Compartilhe essa notícia
error: Não autorizamos cópia do nosso conteúdo. Se você gostou, pode compartilhar nas redes sociais.