Após registros de falta de água, Prefeitura notifica a Corsan - oreporter.net - Notícias de Cachoeirinha e Gravataí

Após registros de falta de água, Prefeitura notifica a Corsan

Cachoeirinha – O prefeito Miki Breier assinou na manhã desta sexta-feira ( 22),o termo de Advertência Nº 001/2021 emitido para a Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan). “Considerando as constantes reclamações dos usuários do serviço público de abastecimento de água, determina a seguinte correção: Que a Companhia envide esforços para evitar o desabastecimento de água, sem prévio aviso, aos usuários do serviço público”, diz o documento. 

Com a medida da Prefeitura, a Corsan poderá ser multada por “inadimplemento contratual, segundo a cláusula vigésima nova do instrumento de contrato, caso a Companhia não tome as providências cabíveis para evitar os transtornos causados aos usuários. A multa poderá ser de até 2% (dois por cento) sobre o valor arrecadado pela Corsan no Município de Cachoeirinha, nos últimos 3 (três meses) anteriores à notificação”, conforme consta na Advertência.“É lamentável a constante falta de água. Estamos cobrando uma solução para Corsan. Água é necessária para nossa sobrevivência, principalmente no verão, quando sempre piora a situação. Estamos exigindo uma solução da Companhia para o abastecimento”, aponta Miki. 

Publicidade

CACHOEIRINHA COBRA INVESTIMENTOS

Há uma semana, o prefeito Miki Breier foi ao encontro do diretor-presidente da Corsan, Roberto Barbuti, para cobrar uma solução definitiva para a falta de água em Cachoeirinha. Na ocasião, foi informado que a segunda parte de uma nova adutora de água tratada para atender a Zona Norte, cuja primeira parte está concluída, já está licitada e deve iniciar até março deste ano. A obra vai interligar a Estação de Tratamento de Água (ETA) ao centro de reservação Vista Alegre, reforçando a recuperação do sistema.

Também foi informado de que se encontra em estudo pela Corsan a perfuração de um novo poço na cidade. “Cachoeirinha tem um problema histórico com relação a falta de água. Esta é uma situação que não pode continuar e a conclusão urgente da adutora é fundamental neste processo”, destaca o prefeito.

Publicidade
Publicidade
Compartilhe essa notícia
error: Não autorizamos cópia do nosso conteúdo. Se você gostou, pode compartilhar nas redes sociais.