A constrangedora pergunta de um vereador - oreporter.net - Notícias de Cachoeirinha e Gravataí
Mano do Parque - Foto: Reprodução

A constrangedora pergunta de um vereador

Ela aconteceu durante a reunião da Comissão de Educação, Cultura, Desporto e Lazer nesta quinta

Cachoeirinha – A Comissão de Educação, Cultura, Desporto e Lazer da Câmara de Vereadores ouviu nesta quinta-feira a secretária de Educação, Rodinha Lippert, e técnicas da secretaria, sobre a adoção do programa Pacto pela Alfabetização na rede municipal de ensino.

Publicidade

Somente vereadores da oposição participaram da reunião de esclarecimentos sobre o convênio com o Instituto Raiar para a utilização de um novo método na alfabetização de crianças.

O convênio contempla tão somente 4,5 mil alunos do Pré II até o segundo ano do ensino fundamental, pois o programa trata exclusivamente de alfabetização e tem cerca de 220 professores envolvidos.

No decorrer das explanações, o vereador Mano do Parque queria saber como foram escolhidos os alunos a serem atendidos e também os professores já que a rede municipal tem um pouco mais de 12 mil alunos e 1,3 mil professores.

Publicidade

Recebeu como resposta que o Pacto pela Alfabetização trata de alfabetização e, desta forma, são crianças que estão matriculadas no Pré II, primeiro e segundo anos do ensino fundamental. Não houve, desta forma, escolha de quem seria atendido, pois são todos os alunos em idade de alfabetização.

Esta informação sobre o convênio foi amplamente divulgada pela prefeitura, foi explicada na reunião da Comissão antes da pergunta do parlamentar, ocorreram manifestações na última Sessão da Câmara sobre o tema e também foi notícia no site oreporter.net.

LEIA MAIS

Secretaria da Educação explica o Pacto pela Alfabetização na Câmara

Publicidade
Compartilhe essa notícia
error: Não autorizamos cópia do nosso conteúdo. Se você gostou, pode compartilhar nas redes sociais.