Prefeitura de Gravataí abre edital de leilão de bens - oreporter.net - Notícias de Cachoeirinha e Gravataí
Diversos veículos irão a leilão - Fotos: PMG/Divulgação

Prefeitura de Gravataí abre edital de leilão de bens

Lotes serão divulgados nesta sexta-feira (12), e leilão ocorre no dia 13 de agosto

Gravataí – Visando a renovação da sua frota, a Prefeitura de Gravataí, por meio da Secretaria Municipal da Administração, Modernização e Transparência (Smat), realiza no dia 13 de agosto, um leilão de veículos e bens inservíveis. O edital com os lotes será lançado na próxima sexta-feira ( 12), no Diário Oficial.

Segundo o diretor de Recursos Materiais da Smat, Maicon Siota Ganzer, serão vendidos 40 veículos de diversas secretarias, entre eles Renault Clio, Ford Fiesta, Renault Sandero, VW Voyage, Chevrolet S10, VW Kombi, vans escolares, e até tratores e implementos agrícolas. A maioria dos veículos possui mais de 10 anos de uso ou uma quilometragem elevada.

Maicon explica que qualquer pessoa ou empresa pode arrematar os lotes, que além dos veículos, há materiais inservíveis, como sucatas de computador, armários, cadeiras, arquivos, estantes, entre outros.

Visitação

Nos três dias úteis que antecedem o leilão (8, 9 e 12 de agosto), os interessados poderão realizar visitação. A maioria dos lotes está no Centro Administrativo Leste (Avenida Ely Corrêa, 675, Parque dos Anjos). Especificamente os veículos, estão na Central de Veículos, que fica no mesmo endereço.

O leilão acontece no dia 13 de agosto, às 14h, nas modalidades presencial (no auditório do 6º andar do Centro Administrativo Centro Leste) e online, através do site do leiloeiro (http://www.leiloesgauchos.com.br). os lances virtuais poderão ser dados a partir do dia 8, porém o arremate só acontece no dia 13, no horário do leilão. Quem arrematar tem até 10 dias para retirar o material.

Os valores iniciais dos lotes foram definidos pela Comissão de Avaliação de Leilão, composta por servidores da Prefeitura, e vão de R$ 100 a R$ 25 mil. O leilão foi autorizado através da Lei 34/2019, aprovada pela Câmara de Vereadores e sancionada pelo Prefeito Marco Alba.

Compartilhe essa notícia
error: Não autorizamos cópia do nosso conteúdo. Se você gostou, pode compartilhar nas redes sociais.