Justiça Restaurativa atua há quatro anos em Gravataí - oreporter.net - Notícias de Cachoeirinha e Gravataí
Multiplicadores da Justiça - Foto: Divulgação/PMG

Justiça Restaurativa atua há quatro anos em Gravataí

Ação é uma iniciativa conjunta do Juizado da Infância e Juventude de Gravataí, Prefeitura de Gravataí e Colégio Cenecista Nossa Senhora dos Anjos

Gravataí –Em outubro de 2016, nascia o grupo de facilitadores de Justiça Restaurativa- Aldeia da Paz, por meio de uma iniciativa conjunta do Juizado da Infância e Juventude de Gravataí (Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Sul), do Município de Gravataí e do Colégio Cenecista Nossa Senhora dos Anjos (Gensa). 

Inicialmente o grupo formou 12 pessoas, em grande maioria de servidores municipais que foram responsáveis pela implantação de diversos círculos em situações conflitivas e preventivas de conflitos nas seguintes áreas; saúde, educação, assistência social, relações familiares e domésticas, atendimentos a infância e juventude e assistência ao idoso.

O projeto incluiu aulas teóricas e práticas em espaços disponibilizados pelo Colégio Gensa, onde são atendidas diversas demandas oriundas dos serviços municipais, da comunidade local e de processos judicializados, com supervisão permanente dos facilitadores, articulação em rede e constante reavaliação participativa de todos os integrantes com o fim de formar um legado de Cultura de Paz no Município.

O projeto têm também Círculos de Construção de Paz (CCP) nas escolas de Gravataí, concebidos como um projeto especial de prevenção de conflitos e incentivo a espaço de escuta e tomada de decisões compartilhadas por todos os que participam da comunidade escolar.

Recentemente três dos 12 facilitadores da Aldeia da Paz foram formados como Instrutores de CCP em um curso de 40hs pela AJURIS em Porto Alegre. Com esse objetivo de disseminação/multiplicação das práticas restaurativas em Gravataí está sendo oportunizado a 1ª Formação de Facilitadores de Círculos de Construção de Paz, a ocorrer no município de Gravataí, realizado pela equipe de Facilitadores/Instrutores da Aldeia da Paz, público alvo são os servidores do município.

Atualmente o projeto é composto pelos seguintes facilitadores:

  • Andreia Lolli – facilitadora e instrutora de CCP;
  • Diana De Bem;
  • Cíntia Tedesco;
  • Eva Rodrigues;
  • Janaína Lúcia;
  • Jaqueline Reis- facilitadora e instrutora de CCP;
  • Luciana Barcellos Tegiacchi;
  • Raquel Dell Osbel;
  • Renata Zomer – facilitadora e instrutora de CCP;
  • Rosane Kindlain Wienandts ;
  • Tiago Giorgi Von Muhlen;
  • Vânia Sarate.
Compartilhe essa notícia
error: Não autorizamos cópia do nosso conteúdo. Se você gostou, pode compartilhar nas redes sociais.