Gravataí retoma aulas e decide manter ocupação de 50% das salas - oreporter.net - Notícias de Cachoeirinha e Gravataí
Há indefinição se haverá aulas na segunda - Foto: Caroline Barcelos/PMG

Gravataí retoma aulas e decide manter ocupação de 50% das salas

Governo do Estado retirou esta restrição na última segunda-feira, mas determinou que distância entre classes deve ser respeitada

A Secretaria Municipal da Educação (Smed) deu início nesta quinta-feira (18) à retomada das aulas presenciais da rede de ensino municipal. Para que o retorno se dê da forma mais segura possível, as escolas estão seguindo todos os protocolos sanitários estabelecidos pelo Ministério da Saúde.

Publicidade

“Mesmo com o decreto estadual sobre as novas normas para a ocupação das escolas, nós manteremos o protocolo anterior com limite de 50% do número de alunos por sala de aula”, afirma o prefeito Luiz Zaffalon.

De acordo com a Smed, as escolas já receberam quase todos os Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), como tapetes sanitizantes, álcool em gel e máscaras. Ainda segundo a pasta, as escolas também poderão adquirir EPIs, se entenderem necessário, utilizando os repasses extramunicipais.

Nas salas de aula, as classes estão com distanciamento de 1,5 m e, nas áreas comuns, fitas de isolamento também foram colocadas nos locais que não devem ser utilizados pela comunidade escolar. A máscara será item obrigatório para todos os alunos e profissionais da rede.

Publicidade

Desde o ano passado, a Smed tem traçado estratégias para que a aprendizagem dos alunos não seja prejudicada. A partir dessa retomada, serão aplicadas avaliações diagnósticas e provas de avaliação que indicarão os índices de aprendizagem do ano passado de cada aluno.

A secretária municipal da Educação, Sonia Oliveira, lembra que terá que ser um esforço de toda a comunidade escolar, para que o retorno ocorra da forma mais segura possível.

Em toda a rede municipal, somente a escola Áurea Celi não retorna as atividades, devido a reformas que estão sendo feitas, após o incêndio que ocorreu no ano passado.

Publicidade
Compartilhe essa notícia
error: Não autorizamos cópia do nosso conteúdo. Se você gostou, pode compartilhar nas redes sociais.