Gravataí prepara o Dia do Patrimônio Cultural - oreporter.net - Notícias de Cachoeirinha e Gravataí
O evento ocorrerá neste sábado - Foto: Arquivo/oreporter.net

Gravataí prepara o Dia do Patrimônio Cultural

Prefeitura define programação especial para este sábado, 17

Gravataí – Neste sábado, dia 17 de agosto, o Rio Grande do Sul vai celebrar, pela primeira vez, o Dia Estadual do Patrimônio Cultural. Em alusão à data, a Prefeitura de Gravataí, por meio das secretarias municipais da Cultura, Esporte e Lazer (SMCEL) e de Desenvolvimento Econômico e Turismo (SMDET), em especial o Departamento de Turismo, estão desenvolvendo uma programação atrativa para este dia.

“O patrimônio cultural de uma cidade é um dos bens mais significativos para a memória de seu povo. A ação, preparada em conjunto com a SMDET, contará com alguns de nossos equipamentos culturais abertos especialmente no sábado, como o Quiosque da Cultura, o Museu Municipal e o prédio histórico da Prefeitura, como forma de chamar a atenção da população para estes espaços tão importantes para nossa identidade”, disse Fernanda Fraga, titular da SMCEL.

Para Iuri Camargo, secretário substituto da SMDET, o Patrimônio Cultural das cidades não se restringe aos prédios históricos. “Ele é reflexo do dia a dia da história e da convivência social. Comemorar o dia do Patrimônio em Gravataí é uma oportunidade para reconectar o gravataiense com a arte e a cultura desta terra, permitindo que ele se reconheça nesses espaços”, define.

Programação atrativa para o dia

O Bike Tour é uma das atividades mais aguardadas e dará início a programação. A concentração está marcada para às 14h, na praça da parada 72 (na Avenida Dorival Cândido Luz de Oliveira). Aberto ao público, os participantes irão passear pelos principais pontos históricos da cidade, que representam o Patrimônio Cultural de Gravataí.

O Museu Municipal Agostinho Martha e o Quiosque da Cultura terão atividades especiais das 14h às 17 horas. Neste último, haverá também o Troca-troca de Livros da Biblioteca Municipal Monteiro Lobato. O saguão da Prefeitura também abrirá as portas e receberá exposição com imagens antigas da cidade oriundas do acervo do Museu Municipal Agostinho Martha.

Pra quem aprecia fomentar a produção local, a Feira da Casa dos Açores inicia as atividades, a partir das 14h, trazendo referências baseadas na cultura açoriana, além de produtos orgânicos, naturais e artesanais. O espaço sedia, durante o ano inteiro, eventos culturais, divulgando e prestigiando as áreas de literatura, história artes plásticas, teatro, folclore e música entre outros.

É preciso apreciar!

O patrimônio cultural é composto por monumentos, conjuntos de construções e sítios arqueológico, de fundamental importância para a memória, a identidade e a criatividade dos povos e a riqueza das culturas. Esta composição está definida na Convenção para a Proteção do Patrimônio Mundial, Cultural e Natural, elaborada na Conferência Geral da Organização das Nações Unidas para Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), em Paris (França), em 1972, e ratificada pelo Decreto No. 80.978, de 12 de dezembro de 1977.

Compartilhe essa notícia
error: Não autorizamos cópia do nosso conteúdo. Se você gostou, pode compartilhar nas redes sociais.