Fepam e BM realizam ação conjunta para monitorar situação do rio Gravataí - oreporter.net - Notícias de Cachoeirinha e Gravataí
Sobrevoo foi realizado para verificar a situação geral das lavouras e do rio Foto: Divulgação / Fepam

Fepam e BM realizam ação conjunta para monitorar situação do rio Gravataí

Essa é a terceira operação conjunta realizada pelos órgãos nos últimos 20 dias na região que abrange a Área de Proteção Ambiental do Banhado Grande

Gravataí – As equipes da Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam), por meio da Divisão de Culturas Agrícolas (Dilca) e da Divisão de Fiscalização (Difisc), juntamente com a Brigada Militar, realizaram um sobrevoo no rio Gravataí com o objetivo de monitorar a atual situação devido à falta de chuvas na região.

Publicidade

Essa é a terceira operação conjunta realizada pelos órgãos nos últimos 20 dias na região que abrange a Área de Proteção Ambiental do Banhado Grande. No sobrevoo foi possível verificar a situação geral das lavouras e do rio, no trecho que abrange os municípios de Gravataí, Glorinha e Viamão.

Os técnicos observaram os possíveis escapes de sedimento que provocam elevação de turbidez e podem comprometer os serviços de tratamento de água para consumo humano. Conforme a equipe, o rio Gravataí, cujo nível vem apresentando redução em decorrência da falta de chuvas, já mostra porções assoreadas. Também foi detectada turbidez elevada na Estação de Tratamento de Água (ETA) de Gravataí.

Na região arrozeira, a Fepam localizou um empreendimento com problemas de escapamento. A equipe orientou o empreendedor para que siga o que está previsto e determinado na licença ambiental, a fim de reverter a situação.

Publicidade

A fundação segue atenta para a situação, zelando para que os irrigantes licenciados mantenham a operação dentro dos limites autorizados nas licenças, respeitando a legislação ambiental pertinente. A Secretaria do Meio Ambiente e Infraestrutura, por meio da Sala de Situação, também acompanha o nível do Gravataí. Os boletins podem ser conferidos na página da Sema.

Publicidade
Compartilhe essa notícia
error: Não autorizamos cópia do nosso conteúdo. Se você gostou, pode compartilhar nas redes sociais.