EMEFs de Cachoeirinha receberam 13 mil alunos na volta às aulas - oreporter.net - Notícias de Cachoeirinha e Gravataí
As aulas começaram nesta quarta- Foto: PMC/Divulgação

EMEFs de Cachoeirinha receberam 13 mil alunos na volta às aulas

O ano letivo iniciou na manhã da última quarta-feira (19)

Cachoeirinha – Após o período de férias, aproximadamente 13 mil alunos do Pré ao 9º do Ensino Fundamental retornaram às 20 EMEFs (Escolas de Ensino Fundamental) de Cachoeirinha. O ano letivo iniciou na manhã da última quarta-feira (19). Para recepcionar os alunos, a Prefeitura de Cachoeirinha, através da Secretaria de Educação e Secretaria de Infraestrutura e Serviços Urbanos preparou um mutirão para a melhoria e manutenção das escolas, limpeza de caixas d’água e colocação de gradis.

Publicidade

Para complementar o bom desempenho das escolas, a Secretaria de Educação recebeu no dia 14 as supervisoras, articuladoras e orientadoras educacionais. “Na ocasião trabalhamos o Plano Pedagógico de 2020 e propomos agendas de assessoria para contribuir nas duas horas de estudo por turno que as escolas realizam semanalmente. As professoras do município tem duas horas de estudo por semana. Trabalhamos nessas últimas semanas para que nossos alunos tivessem um excelente retorno para as escolas”, explicou a Secretária da Educação Rosinha Lippert.

Além das 20 EMEFs, Cachoeirinha ainda tem 13 EMEIs (Escola de Educação Infantil), cinco escolas conveniadas e o CMAEEL (Centro Municipal de Atendimento Educacional Lampadinha). Na EMEF Alzira Silveira que possui 921 alunos do pré ao 9º ano, o primeiro dia de aula foi especial.“Prepararmos um recreio especial com muitos jogos e cada professor preparou uma dinâmica de sala de aula diferenciada.
Durante todo o ano trabalharemos a gestão das emoções valorizando a capacidade de cada aluno de observar, valorizar, avaliar, controlar e expressar os próprios sentimentos”, explicou a Diretora Andreia de Souza.

Para as alunas Vitória Brum, Ester Camili, Ingrid Vitória e Francielle Coelho foi uma alegria retornar para escola. “Não víamos a hora de nos reencontrarmos. Estávamos com saudade dos colegas e das professoras, contaram.

Publicidade

Central de matrículas:
Desde segunda um grande número de pessoas estão procurando a Central de Matrículas. “Alunos que perderam os prazos para matrículas nas escolas municipais e outros que não concordam com a designação dada pelo Estado estão procurando a Secretaria da Educação para regularização da situação”, explica Rosinha Lippert.

A Secretaria esclarece que não há prazo para encerrar o período de transferência nem o de novas matrículas para quem perdeu os prazos e que tem distribuído fichas para garantir o atendimento de todos neste período de maior movimento, agravado pela falha no sistema do Estado, que prejudicou ainda as centrais de Gravataí e Canoas.

Conforme a meta do Plano Nacional de Educação, o município de Cachoeirinha atende a quase 80% dos alunos de 0 a 3 anos em escolas de Educação Infantil, “percentual muito maior que o estabelecido pelo plano que é de 50% até 2024”, explicou a Secretária.

“Nosso compromisso é o de ampliar o atendimento às crianças ainda mais. Estamos trabalhando para conclusão da Emei Moradas do Bosque uma obra que havia sido abandonada e que recuperamos em nosso governo”, aponta o prefeito Miki Breier.

“Reafirmamos que estamos sempre a disposição e todas as dúvidas podem ser sanadas pelo telefone 3441-8700 ou presencialmente, na Central de Matrículas, situada na Rua Érico Veríssimo, 570, bairro Parque da Matriz”, finalizou a secretária Rosinha Lippert.

Publicidade

Compartilhe essa notícia
error: Não autorizamos cópia do nosso conteúdo. Se você gostou, pode compartilhar nas redes sociais.