Abertas as inscrições para curso de Libras para iniciantes - oreporter.net - Notícias de Cachoeirinha e Gravataí
Aprendendo a língua dos sinais - Foto: Arquivo/oreporter.net

Abertas as inscrições para curso de Libras para iniciantes

Gravataí é um dos poucos municípios da Região Metropolitana que possui uma escola inclusiva para deficientes auditivos

Gravataí – A Prefeitura de Gravataí, por meio da Secretaria Municipal de Educação anuncia, a partir de 5 de abril, na Escola Municipal de Ensino Fundamental Especial para Surdos – EMEES, o início do curso de Libras para iniciantes com foco na formação dos professores da rede de educação e demais municiparios.

De acordo com a secretária Municipal de Educação, Sonia Oliveira, a Língua Brasileira de Sinais representa uma iniciativa importante, principalmente, para quem atua no cenário educacional. Por assumir o papel de mediador do processo de aprendizagem, o professor deve estar preparado para apresentar e desenvolver o conteúdo aos alunos, além de lidar com suas dificuldades.

“Sem dúvida o curso de Libras, com foco na formação dos professores da rede de educação e demais servidores é muito importante. O governo do Prefeito Marco Alba tem trabalhado muito para ampliar a transparência e a democracia nos espaços da gestão pública e, sem dúvida, este curso é mais um reforço neste sentido. Com mais acesso à informação, certamente, as pessoas com deficiência auditiva ampliarão seus horizontes e, sem dúvida, teremos uma sociedade mais sensível e uma cidade melhor em todos os aspectos”, explicou Claiton Manfro, secretário Municipal de Governança e Comunicação Social.

Os cursos acontecerão todas às sextas-feiras, sendo a primeira turma, das 13h às 14h45 e outra no turno da tarde, das 15h15 às 17h. As inscrições devem ser realizadas pelo telefone: (51) 3191-4887. Serão disponibilizados certificados de conclusão de curso.

Escola Especial para Surdos de Gravataí atende crianças do município e cidades vizinhas

Gravataí é um dos poucos municípios da Região Metropolitana que possui uma escola inclusiva para deficientes auditivos. Trata-se da Escola Municipal de Ensino Fundamental Especial para Surdos – EMEES. A escola trabalha por ciclo, que corresponde da pré-escola ao nono ano do ensino fundamental.

Um pouco sobre a escola


A EMEES foi fundada em 24 de julho de 1996. Teve seu início com 17 alunos surdos da cidade de Gravataí e alguns municípios vizinhos, em quatro turmas e um quadro profissional de 10 pessoas. O primeiro endereço da escola foi na Rua Coronel Fonseca, onde permaneceu por três anos. Diante do aumento do número de alunos e da necessidade de espaço físico maior, para a prática esportiva, mudaram em 1999 para outra sede, localizada na Av. Adolfo Inácio Barcelos. Em 2005, ocorreu nova mudança de espaço, onde permanecem até hoje, na Rua Adib Teixeira Chedid, 25. O espaço permitiu desenvolvimento e ampliação dos projetos dentro do currículo oferecido pela escola.

Libras

No Brasil, mais de 9,7 milhões de pessoas possuem algum grau de deficiência auditiva. De acordo com os dados do Censo de 2010, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, desse total, cerca de 2,2 milhões têm deficiência auditiva em situação severa e, entre elas, 344,2 mil são surdos. O sistema de Libras é considerado pelas comunidades surdas como sua língua materna, antes mesmo do idioma nativo.

Somente em 2002, por meio da Lei nº 10.436, o método passou a ser reconhecido como meio legal de comunicação e expressão. A regulamentação ocorreu em 2005, quando houve a inserção da Língua Brasileira de Sinais como disciplina curricular obrigatória nos cursos de formação de professores para o exercício do magistério, em nível médio e superior.

Compartilhe essa notícia
error: Não autorizamos cópia do nosso conteúdo. Se você gostou, pode compartilhar nas redes sociais.