Três são presos em flagrante ao tentarem roubar loja em Gravataí - oreporter.net - Notícias de Cachoeirinha e Gravataí
A polícia frustrou o ataque criminoso - Foto: Polícia Civil/Divulgação

Três são presos em flagrante ao tentarem roubar loja em Gravataí

Polícia tinha informações sobre possível ação do grupo na cidade

Gravataí – Três homens foram presos em flagrante no início da madrugada deste domingo (28) em Gravataí, ao tentar roubar uma loja de departamento. A tentativa ocorreu na filial do Magazine Luíza, na avenida Dorival Cândido Luz de Oliveira.

Os policiais da 1ª Delegacia de Polícia de Repressão a Roubos, do Departamento Estadual de Investigações Criminais (DEIC), as prisões ocorreram após eles receberem informações sobre a possível ataque criminoso em estabelecimentos comerciais, supermercados, lotéricas e bancos, na noite desse sábado (27), em Gravataí. Segundo a Polícia Civil, diante disso, ações de vigilância foram desenvolvidas por diversas equipes, as quais chegaram a confirmação de que, uma das pessoas, considerada “líder” do grupo criminoso, com diversos antecedentes por crimes de furtos qualificados, foi visualizado deixando o seu veículo automotor, em um posto de gasolina, na zona norte de Porto Alegre.

Publicidade

Nesse momento, dados sobre veículos e sobre pessoas envolvidas foram confirmados, razão pela qual, a vigilância se estendeu até Gravataí, para onde eles foram, permanecendo nas imediações de instituições bancárias, supermercados e lojas de departamento. Ainda segundo o DEIC, após o monitoramento, os policiais civis do DEIC realizaram a abordagem em um dos veículos envolvidos, onde estavam os três suspeitos. Com eles, os policiais encontraram rádios comunicadores que informava a localização da loja do Magazine Luíza, onde o restante do bando estava abrindo um buraco em uma das paredes para ter acesso a loja para praticar o furto. Os suspeitos conseguiram fugir da loja, antes da chegada da polícia. O local passou por perícia.

Os policiais civis prenderam os três em flagrante e apreenderam quatro veículos e materiais usados para prática do arrombamento. Todos os presos já tinham antecedentes criminais por indiciamentos e condenações por crimes de furtos qualificados contra instituições bancárias. Os presos foram conduzidos ao DEIC.

Publicidade
Compartilhe essa notícia
error: Não autorizamos cópia do nosso conteúdo. Se você gostou, pode compartilhar nas redes sociais.