Município celebra um ano dos programas Primeira Infância Melhor e Criança Feliz - oreporter.net - Notícias de Cachoeirinha e Gravataí
Cuidando do bem estar das crianças - Foto: Fernando Planella/PMC

Município celebra um ano dos programas Primeira Infância Melhor e Criança Feliz

Evento comemorou a data com exposição de trabalhos feitos pelas crianças atendidas pelos programas

Cachoeirinha – Nesta sexta-feira (22), o município de Cachoeirinha celebrou um ano de execução dos programas Primeira Infância Melhor (PIM) e Criança Feliz (PFC). Em evento realizado na APAE, as 32 visitadoras montaram uma exposição com os trabalhos feitos pelas crianças atendidas pelos programas.

Distribuídos em mesas redondas e divididos pelos respectivos CRAS, cada trabalho apresentava título, objetivo e faixa etária. Os programas PIM e PFC acompanham crianças de zero a seis anos, de famílias integrantes do CadÚnico, com o objetivo de promover o fortalecimento dos vínculos familiares, por meio de estimulação do desenvolvimento integral infantil das crianças na primeira infância, considerando suas famílias e contextos de vida. Os programas atendem cerca de 400 crianças e gestantes no município e abrangem as Secretarias de Saúde, de Educação e de Assistência Social, Cidadania e Habitação.

Publicidade

Na abertura do evento, a representante da Assistência Social do Grupo Técnico Municipal (GTM), Cássia dos Anjos Oliveira, leu um texto sobre a criação dos programas, gestados durante a pandemia de Covid-19. “O estímulo à criança deve ser integral, tanto financeiro quanto humano. O PIM e o PFC desenvolvem um trabalho interdisciplinar, que inclui visitadoras, GTM, secretários e entidades parceiras”, afirmou.

A representante da Saúde do GTM, Elisângela da Silva Alves, falou sobre o desafio de fazer parte dos programas PIM e PFC. “O desenvolvimento infantil é um trabalho compartilhado entre saúde, educação e assistência social”, lembrou. Representando as visitadoras, Denise Neves, do CRAS Anair, contou que os programas atuam em famílias em situação de vulnerabilidade social. “A cada semana, observamos o crescimento dos vínculos entre as famílias e as visitadoras, assim como o fortalecimento dos vínculos familiares”, revelou.

Publicidade

O coordenador de projeto da Fundação La Salle, executora dos programas no município, Edimilson Tresoldi, tratou sobre a parte operacional do PIM e do PFC. “São programas tão importantes quanto difíceis de serem organizados. Foi mais de um ano de planejamento, organização e treinamento até colocarmos os programas em prática”, demonstrou.
A coordenadora estadual do PIM e representante da Secretaria Estadual de Saúde, Carina Vitória, destacou que o programa completou 18 anos. “O ato de brincar, o fortalecimento dos vínculos familiares e o exercício da parentalidade, bases do PIM, são fundamentais ao desenvolvimento infantil”, avaliou.

A coordenadora estadual do PFC e representante da Secretaria Estadual de Assistência Social, Marcelli Frömming, falou do trabalho realizado pelas visitadoras. “É um trabalho em que se amadurece um pouco a cada dia. Em um ano de pandemia, as visitadoras foram a família de quem não teve a família por perto”, elogiou. Representando a Câmara Municipal de Vereadores, o vereador Brinaldo Mesquita lembrou da importância dos projetos que implementam políticas públicas. “Quando se fala em um real investido em uma política pública, ele repercute cinco vezes lá na frente”, projetou. O secretário de Educação, Cláudio Pinheiro, parabenizou o trabalho das visitadoras. “Para avançarmos, o trabalho tem que ser conjunto. Por isso, vocês, visitadoras, merecem o nosso aplauso, por nos representarem junto às famílias atendidas pelos programas”, enalteceu. 

A secretária de Assistência Social, Cidadania e Habitação, Cristiana Mesquita, abordou as dificuldades enfrentadas pelas visitadoras durante as visitas. “Se eu pudesse definir o trabalho de vocês em poucas palavras, eu definiria como superação e persistência. Vocês são transformadoras, vocês mudam a vida dessas crianças”, declarou. O secretário de Saúde, Juliano Paz, tratou sobre a idealização dos programas junto à Fundação La Salle. “Sem as nossas visitadoras, os programas seriam apenas uma linda teoria. E vocês transformaram isso em realidade”, afirmou.

Representando o prefeito em exercício, Maurício Medeiros, o secretário de Governança e Gestão, João Tardeti, falou da importância do município acolher as políticas públicas do Estado visando ao benefício da população. “A abordagem que vocês, visitadoras, fazem junto às famílias, com tanto amor e dedicação, torna a vida dessas crianças mais feliz”, finalizou. O evento foi encerrado com a distribuição de uma lembrança para as visitadoras e um parabéns com bolo de aniversário dos programas.

error: Não autorizamos cópia do nosso conteúdo. Se você gostou, pode compartilhar nas redes sociais.