Mulheres vítimas de violência em Cachoeirinha recebem cestas básicas - oreporter.net - Notícias de Cachoeirinha e Gravataí
As entregas foram realizadas pelos voluntários da Campanha - Foto: BM/Divulgação

Mulheres vítimas de violência em Cachoeirinha recebem cestas básicas

Os alimentos que compõe as cestas foram doados pela comunidade

Cachoeirinha – Policiais da Patrulha Maria da Penha do 26ºBatalhão de Polícia Militar em parceria com a Associação de Justiça e Apoio às Mulheres (AJUM) entregaram na manhã desta sexta-feira (24) diversas cestas básicas para mulheres vítimas de violência doméstica em Cachoeirinha. Essa foi a primeira entrega de cestas básicas da “Campanha de Combate a Violência Doméstica” que iniciou no último dia 20 de abril.

Publicidade

As doações foram entregues para aquelas famílias que são assistidas pela Patrulha Maria da Penha. Segundo a BM, para muitas famílias essas cestas chegarão em boa hora, principalmente porque muitas das vítimas são chefes de famílias e estão impossibilitadas de trabalhar, devido à pandemia de Covid-19. O projeto terá continuidade nas próximas semanas, ainda considerando o agravante da pandemia do COVID-19.

As doações aconteceram nos bairros. Vista Alegre, Vila Navegantes, Jardim Betânia, Vila Anair e Vila Cachoeirinha. Além das cestas, foram doados agasalhos. A ação conta com o apoio do Rotary Club; da Policia Civil; do Corpo de Bombeiros Militar; da Comissão da Mulher Advogada, da OAB; do Comitê de Solidariedade; do SESC e da Parceiros Voluntários, entre outras entidades.

Todos os brigadianos e voluntários que participaram da ação social tomaram todos os devidos cuidados para à prevenção do Covid-19

Publicidade

Saiba como realizar a sua doação:

As doações podem ser entregues no quartel do 26º Batalhão da Polícia Militar, na avenida Flores da Cunha, 3419, no Parque da Matriz. Cada 5 kg de alimentos serão trocados por uma máscara de proteção personalizada, da “Campanha de Combate a Violência Doméstica”, da AJAM. Caso o doador não possa levar os alimentos até o batalhão, pode solicitar, pelo whatsapp, (51) 997678855, que a coleta seja feita por voluntários da campanha.

Publicidade

Compartilhe essa notícia
error: Não autorizamos cópia do nosso conteúdo. Se você gostou, pode compartilhar nas redes sociais.