Miki cobra da Corsan renovação da rede de água - oreporter.net - Notícias de Cachoeirinha e Gravataí
A reunião ocorreu nesta manhã na sede da Corsan - Foto: Fernando Planella/PMC

Miki cobra da Corsan renovação da rede de água

“É inadmissível que Cachoeirinha, verão após verão, sofra com a falta de água. A Corsan precisa apresentar, urgente, um plano para evitar que a nossa população continue sofrendo”, cobrou o preito Miki Breier em reunião na Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan).

Ao presidente da Corsan, Jorge Melo, Miki cobrou por mais investimentos na renovação da rede de distribuição e na aquisição urgente de geradores para suprir o abastecimento quando houver registro de falta de energia. “São medidas que podem garantir, tanto em casos emergenciais, quando a longo prazo através de melhorias efetivas na rede, que as pessoas disponham da água com regularidade”, apontou.

Jorge Melo assegurou que a Corsan vem implementando ações para ampliar a segurança do abastecimento, tais como duplicações de sistemas de bombeamento, em adutoras e nas instalações de energia elétrica e se comprometeu a avaliar as solicitações com a maior brevidade possível e retornar com as iniciativas necessárias para a resolução das demandas apresentadas.

Conforme a Companhia, situações pontuais causaram interrupções no fornecimento de água nas últimas semanas. O Parque da Matriz foi afetado devido a problemas na tubulação que passa pelo Mato do Julho, já a Zona Norte, por uma obra que está sendo realizada pela Aeronáutica na Base Aérea de Canoas, onde a tubulação foi rompida por três vezes consecutivas, situação agravada pela falta de energia elétrica ocasionada pelo furto de cabos.

Nesta semana, em resposta ao ofício com pedido de providências enviado pela Prefeitura, a Superintendência da Região Metropolitana, Unidade de Saneamento de Cachoeirinha, garantiu que as obras efetuadas em 2018, nas quais foram investidos mais de R$ 6 milhões, permitiram a substituição de bombeamento e a implantação de nova adutora de água tratada. “A Estação de Tratamento de Água de Cachoeirinha ficou em condições de manter o abastecimento pleno, mesmo no verão. Importante ressaltar que, no mês de dezembro/2018, apesar do forte calor, não tivemos registros de falta de água”.

Quanto à solicitação de caminhão pipa para abastecer as regiões afetadas, a Corsan garantiu que dispõe do atendimento e, como medidas de melhoria, está efetuando testes na interligação das adutoras de água bruta com aumento da vazão. “Trabalhamos com 2 grupos de 300 CV e passaremos para dois grupos de 750 CV. Possuímos contrato de fornecimento de geradores para atendimentos de emergência e estamos verificando a possibilidade de mantermos geradores fixos na captação de água bruta Arroio das Garças”, diz o documento.

A superintendência informou ainda que foi assinado contrato de substituição de redes no qual está prevista a troca de 5 Km e que está verificado a possibilidade de iniciar a segunda etapa da obra de ampliação da adutora a partir da rede da Flores da Cunha, do Shopping até o centro de reservação Vista Alegre.

Compartilhe essa notícia
error: Não autorizamos cópia do nosso conteúdo. Se você gostou, pode compartilhar nas redes sociais.