Miki assina o convênio da Casa Abrigo para mulheres vítimas de violência - oreporter.net - Notícias de Cachoeirinha e Gravataí
A casa abrigo abrirá mulheres vítima de violência - Foto: Rodrigo Alves/oreporter.net

Miki assina o convênio da Casa Abrigo para mulheres vítimas de violência

A assinatura do convênio com a Fundação La Salle ocorreu nesta manhã de sexta-feira (24)

Cachoeirinha – A Prefeitura de Cachoeirinha e a Fundação La Salle assinaram convênio para a  implantação do Casa Abrigo de Mulheres Vítimas de Violência. O evento ocorreu na manhã desta sexta-feira (24), no gabinete do prefeito Miki Breier, e contou com a presença de autoridades municipais e estaduais, membros do COMDIM, da  Brigada Militar, da Polícia Civil e do Ministério Público.

O convênio prevê o acolhimento provisório, por até 180 dias, para  mulheres acompanhadas ou não de seus filhos, em situação de risco de morte ou ameaças em razão de violência doméstica, causadora de lesão, sofrimento físico, sexual, psicológico ou dano moral. A estrutura oferecida pela Fundação La Salle tem 24 quartos para o acolhimento e também atende outros municípios como Alvorada, Sapucaia e São Leopoldo. Os encaminhamentos para o acolhimento ocorrerá via ordem judicial e após triagem a ser realizada pela equipe técnica do Serviço de Acolhimento à Mulher, à Criança, ao Adolescente e demais Indivíduos em Situação de Violência (SeAMA).

A presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher (COMDIM) Maria de Fátima da Rosa, ressaltou a importância da assinatura deste convênio para as mulheres e Cachoeirinha. “Depois de anos de batalhas no combate à violência contra a mulher, a assinatura deste convênio é um grande passo na área da   assistência às mulheres vítimas de violência”.

O coordenador da Fundação La Salle, Edmilson Tresoldi, declarou que o convênio é a garantia de que a vítima terá uma rede de proteção. “O acolhimento é a garantia que a integridade e a vida da mulher estarão protegidas”. 

Representando o poder legislativo, o vereador Deoclécio Melo, salientou a importância do convênio para mulheres. ” É muito importante o governo dar esse respaldo e atenção para elas e para os seus familiares”.

O secretário da Assistência Social, Cidadania e Habitação, Valdir Mattos, salientou que a assinatura deste convênio é mais uma vitória para as mulheres. “Só tenho a agradecer o empenho e o trabalho de todos, tanto da Secretaria e quanto do governo. Essa casa é a garantia de que as vítimas de violência terão um lugar de acolhimento com total segurança para recomeçarem uma nova vida”. 

A primeira-dama, Vanessa Morais, declarou: “Cachoeirinha nunca teve este serviço. A assinatura deste documento é um ato que vai ajudar a salvar muitas vidas”. A mesma opinião foi compartilhada pelo prefeito Miki Breier, que agradeceu o empenho de todas as mulheres por mais essa conquista para Cachoeirinha.”Temos que reconhecer que vivemos em uma sociedade machista e preconceituosa. E o poder público tem que cuidar justamente dessas pessoas que sofrem algum tipo de exclusão. Faltava em Cachoeirinha um local que pudesse abrigar a mulher vítima de violência, onde ela poderá recuperar a sua autoestima, buscar um trabalho e ter um futuro melhor”.

Compartilhe essa notícia
error: Não autorizamos cópia do nosso conteúdo. Se você gostou, pode compartilhar nas redes sociais.