Grave realiza festa do Dia das Crianças na Canarinho - oreporter.net - Notícias de Cachoeirinha e Gravataí
Uma tarde cheia de emoção, alegria e principalmente de amor - Fotos: Rodrigo Alves/oreporter.net

Grave realiza festa do Dia das Crianças na Canarinho

Pelo quarto ano consecutivo os voluntários do Resgate Grave realizaram a festa em comemoração ao Dia das Crianças

Cachoeirinha – Os voluntários do Resgate Grave se reuniram, na tarde deste domingo (13), para realizar uma festa em comemoração ao Dia das Crianças em Cachoeirinha. De acordo com os organizadores, mesmo com a chuva, cerca de 500 crianças participaram da festa no ginásio da Escola Municipal Ivo Rech, na Vila Canarinho.

Este ano, além de bebidas e guloseimas, houve camas elásticas, castelos infláveis, dança das cadeiras, pintura no rosto e distribuição de brinquedos. “Nós não colocamos nenhum real nosso. É tudo doação. Sempre pedimos aos amigos e parceiros do Resgate Grave. Uns ajudam com dinheiro, outros com balas e brinquedos. Este ano, estávamos preparados para receber 500 crianças, como nos anos anteriores. A chuva não deixou que viessem todas, mas as que participaram gostaram muito”, disse Alessandra Ramos Mendes, organizadora do evento.

Alessandra destacou ainda: “Essa última semana foi de muita correria, para montar os mais de mil kits de guloseimas que foram distribuídos. Esta festa foi montada por mais de 280 mãos e com os corações dos nossos voluntários, que amam ajudar o próximo, não importando a hora do dia ou da noite”.

A diarista estava acompanhada das netas aproveitando a festa

A diarista e moradora da Canarinho Salete Jahn, de 54 anos, que estava acompanhada de suas netas de 2 e 4 anos, só tinha agradecimentos e elogios para os socorristas voluntários do Resgate Grave. “Muito obrigado e muito obrigado por eles proporcionarem uma tarde de diversão e alegria para a criançada. Para muitas delas, este foi o único presente que ganharam no Dia das Crianças.Que Deus retribua aos voluntários com muitas alegrias e saúde”, salientou.

O fundador e atual presidente dos voluntários do Resgate Grave, Michel Elias da Silva, a festa representa muitas coisas boas tanto para ele e quanto para a criançada. “Estamos na nossa 4ª edição desta festa. Tudo isto que esta acontecendo só foi possível graças à união destes voluntários, que mais uma vez não mediram esforços para realizar a festa para a criançada. Sei que a sementinha do voluntariado foi plantada lá na fundação do Resgate Grave, em 2010, e, aos poucos, foi crescendo e se tornou uma grande árvore, que deu bons frutos. E as sementes destes frutos foram se multiplicando mais e mais. Muito obrigado ao apoio de todos que sempre confiaram e confiam no nosso trabalho. Ver o sorriso destas crianças é muito gratificante para todos nós”.

Ele ainda acrescentou que, em breve, o Resgate Grave vai lançar a Campanha do Natal, que visa arrecadar fundos para a compra de chinelos e brinquedos a serem distribuídos entre as crianças carentes da região.

As surpresas não paravam de acontecer na festa das Crianças. Por volta das 16h, as personagens das histórias infantis Chiquinha, Frozen, Branca de Neves e a boneca Emília chegaram no ginásio da Escola Ivo Rech, na ambulância do Resgate Grave. Antes de chegarem na festa, elas passaram por diversas ruas do bairro Canarinho, convocando a criançada para festa.

Diula conheceu a boneca Emília do Sítio do Pica Pau Amarelo

Ao chegarem no ginásio, a emoção tomou conta das crianças, em especial da pequena Diulia Costa, de 7 anos, que ficou com os olhos cheios de lágrimas ao ver a boneca Emília, personagem do Sítio do Pica Pau Amarelo. A menina saiu correndo em direção à boneca e lhe deu um abraço, que foi prontamente retribuído. ”Nada paga esse momento. Sentir estes abraços apertados e calorosos, acompanhados de beijos e sorrisos, e ver o brilho no olhar destes pequenos é tão gratificante que, só de falar, já fico emocionada.”, declarou a socorrista voluntária Tainá Lopes, que deu vida à boneca Emília.

A criançada pode “matar ” a curiosidade sobre o caminhão dos bombeiros

O evento já estava quase se encerrando quando o Corpo de Bombeiros de Cachoeirinha chegou com o seu caminhão, no pátio do ginásio. E, em seguida, a emoção tomou conta da criançada, que correu em sua direção. Os bombeiros abriram as portas da viatura e mostraram como funciona tudo lá dentro. As crianças tiveram a oportunidade de colocar os capacetes, mexer na sirene e conhecer de perto o caminhão dos bombeiros.

Segundo o sargento Cristiano de Souza, “Sempre é muito bom poder proporcionar este momento de alegria para estas crianças. Para muitas delas, este contato com nossa viatura e com a gente é único, sem contar que elas tem muito interesse em saber sobre nossa profissão. Quem nos garante que, daqui a algum tempo, não sairão alguns bombeiros daqui?”, ressaltou.

O condutor Aldo Pereira e os “guris da ambulância do Grave”

A mesma opinião foi compartilhada por Aldo Pereira, o motorista da ambulância do Grave. “Muitos crianças chegaram a fantasiar, no seu imaginário, que estavam atendendo uma ocorrência quando estavam sentadas em frente ao volante da ambulância. E um grupo de meninos, que estava na parte traseira, aproveitou para esclarecer todas as suas dúvidas. Como eles mesmo falaram, ‘agora, somo os guris da ambulância do Grave'”, salientou Aldo.

Compartilhe essa notícia
error: Não autorizamos cópia do nosso conteúdo. Se você gostou, pode compartilhar nas redes sociais.