Emmily tem sonho realizado pela Brigada Militar de Gravataí - oreporter.net - Notícias de Cachoeirinha e Gravataí
Além de proteger e servir a brigada militar também realiza sonhos - Fotos: TL Vídeo/Divulgação

Emmily tem sonho realizado pela Brigada Militar de Gravataí

Menina troca “príncipes” por brigadianos em festa de 15 anos

Gravataí – A valsa é um dos momentos mais aguardados em uma festa de debutantes. Mas, em vez de casais com roupas de gala, incluindo os “príncipes” de smoking, a adolescente Emily Vieira dos Santos, moradora do Loteamento Princesa, em Gravataí, comemorou os 15 anos com a presença de policiais militares do 17ª Batalhão de Polícia Militar.

Para que tudo saísse conforme o planejado, a jovem e a mãe foram até a sede do 17ª BPM, alguns dias antes da festa, pedir a autorização do comandante para os policiais participarem do evento. De imediato, a debutante conversou com os policiais militares sobre o seu sonho de entrar na sua festa com eles. Eles responderam que iriam passar a solicitação ao Comando. O tempo passou e a confirmação do pedido veio pelo whatsapp “Ocomandante autorizou a presença de policiais”.

O sonho de Emmilly de entrar na festa e dançar a valsa com os policiais estava virando realidade. Até ai, tudo bem. Começou, ali, outra missão que ficou a cargo da mãe da debutante, Marta Elvenir: esconder dela que os policiais iriam participar da sua festa. Os dias se passavam, a data da festa se aproximava, e a menina, estava ansiosa e, ao mesmo tempo, triste por não poder realizar seu sonho.

Então,  chegou o tão esperado dia. A maratona começou cedo para a estudante  no salão de beleza em que lhe arrumaram os cabelos e lhe fizeram a maquiagem.   Enquanto isso, sua mãe cuidava dos detalhes da festa e do whatsapp, para que nada desse errado na surpresa à filha, conforme combinado com os policiais. Já passava das 20h quando, no salão de festas, na parada 70 de Gravataí, começou a tocar a valsa dos 15 anos. E eis que Emmily entra no salão e, na hora de pegar seu irmão para dançar, ela se depara com um casal de policiais. Nesse momento, a emoção toma conta de todos presentes.

O momento mais esperado da festa de Emmily

Mesmo chorando muito, a menina dança a valsa com os policiais. “Meu Deus, ainda não estou acreditando! Meu sonho se realizou! Portanto, sempre devemos acreditar nos nossos sonhos. Tudo mundo amou eles na minha festa e posso dizer vou e quero ser policial”, destacou a debutante.

Em meio as lagrimas de felicidade, a mãe da Emmily, Marta Elvenir agradeceu aos policiais pela ajuda  recebida para realizar o sonho da sua filha. “Meu muito, mais muito obrigado a todos os policiais desde o comandante aos que nos atenderam lá no quartel. Nada vai pagar esse momento em que vejo a emoção e a felicidade da minha filha por ter seu sonho realizado. Que Deus abençoe esses anjos fardados”, ressaltou. 

Uma missão para lá de especial

Para os policiais militares do 17º Batalhão de Polícia Militar, José Airton e Carla Schenchel participar desta festa foi um momento único e mágico para todos nós. “Essa foi uma missão bem diferente do nosso cotidiano. Ela foi cheia de emoção, amor e carinho dela conosco e vice-versa. Todos nós do 17º BPM só temos que agradecer o convite da Emmilly e desejar muita saúde e sucesso para nossa futura colega de farda’, destacaram.

Profissão: policial

Embora tenha acabado de completar 15 anos, Emmilly Viera já pensa no futuro, e a carreira escolhida não poderia ser outra: quer ser policial. A gravataiense tem um irmão que está servindo o Quartel, e ela sempre gostou da Polícia. “Eles fazem um trabalho magnifico, arriscando suas vidas para nos proteger. Isto é o máximo e , desde pequena, sempre gostei”, afirmou. 


Compartilhe essa notícia