Cruzeiro faz homenagem póstuma a Irani Teixeira - oreporter.net - Notícias de Cachoeirinha e Gravataí
Irani foi o principal responsável pela vinda do Cruzeiro para Cachoeirinha - Foto: Divulgação

Cruzeiro faz homenagem póstuma a Irani Teixeira

Ex-vereador foi lembrado na Tribuna Popular da Câmara nesta terça pelo vice-presidente do clube

Cachoeirinha – O principal incentivador e responsável pela vinda do Cruzeiro para Cachoeirinha, o ex-treinador, ex-secretário de Esporte e ex-vereador Irani Teixeira, foi lembrado na sessão da Câmara desta terça-feira (9). Irani morreu em 10 de janeiro do ano passado em decorrência de problemas cardíacos. O vice presidente do Estrelado, Cleverson Vargas, usou a Tribuna Popular para agradecer a comunidade e falar sobre a importância do apoio.

“Quero saudar de modo especial, também, e fazer uma homenagem póstuma ao nosso querido vereador Irani Teixeira e ex-secretário municipal que muito fez para que o Cruzeiro estivesse hoje na sua sede aqui em Cachoeirinha”, disse.

Cleverson usou a Tribuna Popular na Câmara

Cleverson destacou que o apoio da comunidade tem ocorrido e hoje o Cruzeiro já tem a segunda maior presença de público na Divisão de Acesso. O dirigente aproveitou o espaço para convidar moradores de Cachoeirinha para fazerem parte do quadro social do clube. Hoje, já são cerca de 300 sócios. A mensalidade tem um valor diferenciado para moradores de Cachoeirinha e no primeiro ano é de R$ 30,00, R$ 20,00 a menos do que é cobrado.

Ele falou ainda da importância do apoio de empresas de Cachoeirinha fazendo um convite para que sejam patrocinadoras ocupando espaços publicitários disponíveis na área interna e externa da Arena. Segundo Cleverson, o custo por jogo na Arena gira ao redor de R$ 3 mil e o apoio do empresariado ajudaria muito.

Cachoeirinha, conforme Cleverson, também está ganhando com a presença do Cruzeiro pois a cidade ganha projeção estadual e nacional. O time feminino do Inter, por exemplo, vai mandar seus jogos no Brasileiro no município e grandes times do futebol nacional passarão pela Arena.

A preocupação do Estrelado com Cachoeirinha vai além. Hoje, nas categorias de base, são cerca de 300 jogadores e mais de 70% são da cidade. “Temos espaço também para a realização de projetos sociais e queremos a parceria dos vereadores e da Câmara para que possamos analisar e viabilizar projetos”, disse.

Compartilhe essa notícia
error: Não autorizamos cópia do nosso conteúdo. Se você gostou, pode compartilhar nas redes sociais.