Cootrar recicla cerca de 500 toneladas de resíduos do comércio em 2019 - oreporter.net - Notícias de Cachoeirinha e Gravataí
Reciclando e protegendo o meio ambiente - Foto: Divulgação/Sindilojas

Cootrar recicla cerca de 500 toneladas de resíduos do comércio em 2019

Prefeitura de Gravataí faz parte da ação que promove sustentabilidade ambiental

Gravataí – A Prefeitura de Gravataí, por meio da Secretaria de Serviços Urbanos (SMSU) em parceria com o Sindilojas e Cooperativa de Trabalhadores Carroceiros e Catadores de Materiais Recicláveis, Industrialização e Comercialização (Cootracar) está unindo esforços para promover a sustentabilidade ambiental, visando um destino adequado para o lixo. A parceria, que já existe há um ano, tem como principal objetivo a conscientização da comunidade sobre a importância da separação de resíduos, além de promover a manutenção dos espaços públicos. A coleta é realizada nos bairros centro e entorno, Morada do Vale e Parque Ely. 

De acordo com o secretário da SMSU, Paulo Garcia, a parceria, além de ser benéfica para o meio ambiente, também favorece a economia do município. “Geramos emprego e renda e o lixo, ao invés de ir para o aterro sanitário, é reciclado e utilizado para bons fins.”

Conforme o coordenador da Cootracar, Alexandre Camboim, os resultados apresentados do relatório de triagem, correspondem aos meses de junho a dezembro de 2019. Neste período, foram coletadas, aproximadamente, 500 toneladas de materiais reciclados. “Este resultado representa cerca de 50% da coleta que realizamos”, destacou.

Para o Gerente Executivo do Sindilojas, Rodrigo Silva, a entidade sempre priorizou e incentivou a separação adequada e coleta de materiais recicláveis, sendo um ponto de coleta para diferentes tipos de materiais, como eletrônicos, óleo de cozinha, entre outros. “O Sindicato também cedeu um espaço num terreno, situado em frente à sede, para que seja um ponto de coleta. Todo lixo reciclado recolhido é colocado aqui para que, posteriormente seja encaminhado ao destino correto”, explicou.

A atividade também conta com o apoio da Associação de Trabalhadores em Ofícios Vários, Carroceiros e Catadores de Materiais Recicláveis (Atracar) e Associação de Reciclagem Santa Rita (Arsari).

Compartilhe essa notícia
error: Não autorizamos cópia do nosso conteúdo. Se você gostou, pode compartilhar nas redes sociais.