Templates by BIGtheme NET
Home / REGIÃO / Gravataí / Casa Lilás busca referências para aprimorar o atendimento
Trocando experiências na Casa Lilás - Foto: PMG/Divulgação

Casa Lilás busca referências para aprimorar o atendimento


O Sociólogo Júlio Sá foi recebido pela coordenação do espaço na semana passada


A Casa Lilás, órgão que integra a Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Governança e Comunicação Social (SGCOM),  recebeu nesta quarta-feira (31), a visita do sociólogo Júlio Sá. A assessora de Políticas Públicas para a Mulher e coordenadora da Casa Lilás, Analu Sonego, dialogou com o profissional que também atua como coordenador de atendimentos aos homens autores de violência da Associação Izaura Maia, do município de São Leopoldo.

“A visita dele foi fundamental para saber como funciona esse serviço que até o momento existe em apenas cinco municípios do nosso estado. Para nós, é de extrema importância buscar conhecimento e aprimoramento no enfrentamento da violência contra a mulher”, destacou Analu.

Publicidade

Sobre a Casa Lilás 

Para dar o suporte e amparo necessários às mulheres vítimas de violência, Gravataí conta com um rede multisetorial de atendimento. A Prefeitura oferece apoio e assistência psicológica continuada através da Casa Lilás, Somente no último ano, o órgão registrou 175 novos acolhimentos de mulheres vítimas de violência e realizou mais de dois mil atendimentos psicológicos.

“Sabemos que esse número é muito maior e é preciso haver a conscientização de que a busca por apoio junto aos órgãos competentes é a única forma de diminuir os índices de agressão, seja ela física, verbal ou psicológica. Quanto mais a mulher espera, acreditando que o agressor irá mudar, maiores as possibilidades do nível de violência aumentar. Se antes o agressor fazia ameaças verbais, por exemplo, a tendência é que com o tempo elas evoluam para agressões físicas”, explicou a psicóloga e coordenadora da unidade, Analu.

error: Não autorizamos cópia do nosso conteúdo. Se você gostou, pode compartilhar nas redes sociais.