Campanha alerta para o abuso contra crianças - oreporter.net - Notícias de Cachoeirinha e Gravataí
Combatendo o abuso e a exploração sexual - Foto: Arquivo/oreporter.net

Campanha alerta para o abuso contra crianças

Uma semana será dedicada no combate ao abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes

Cachoeirinha – Neste sábado (18), é  uma data muito relevante para a defesa dos direitos infantis no Brasil: o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. Este dia se tornou um marco  na mobilização e na sensibilização da sociedade quanto a importância do assunto.

Com o propósito de divulgar a melhor maneira de evitar o abuso e a violência sexual contra  crianças e jovens, foi aberta, nesta sexta-feira, (17) na esquina da avenida Flores da Cunha com a João Batista Soares  da Silveira e Souza, na vila Eunice, em Cachoeirinha a Semana de Mobilização contra o Abuso e a Exploração Sexual de Crianças e de Adolescentes.

Somente em 2018 foram registrados, em Cachoeirinha, 274 atendimentos de crianças e adolescentes vítimas de abuso ou exploração sexual.  A conselheira tutelar Léia Hoffmann  destacou a importância de as pessoas realizarem denúncias. “É muito importante que os pais ou responsáveis observem o comportamento diário dos seus filhos, pois muitas vezes  há sinais  que são  um pedido de socorro contra os abusadores ou a exploração que vêm sofrendo, o que deve ser imediatamente denunciado. Nesses casos  a denúncia é fundamental e ajuda a salvar milhares de vidas”, ressalta Léia.

O secretário de Governança e Gestão, Juliano Paz, ressaltou o trabalho que o governo vem fazendo no combate a esse crime. “Além de reforçar a importância do cuidado e atenção a nossas crianças e adolescentes, queremos destacar o quanto é importante que haja denúncias em casos de exploração e quaisquer tentativas de violação à integridade e aos direitos humanos infantis”, destacou Paz.

O prefeito Miki Breier salientou que a nossa cidade não pode se calar perante  o abuso e a exploração sexual de crianças e adolescentes. “Muitas crianças e adolescentes que são coagidos e violados apresentam mudanças comportamentais, e  é essencial que os familiares e educadores estejam atentos aos sinais, para que a denúncia possa ser efetuada.”, disse Miki

Programação da Semana de Mobilização

Sábado (18) – Pedágio, na avenida Flores da Cunha, em frente à Lojas Lebes, a partir das 9h  

Domingo (19) – Pedágio no Ginásio Municipal, a partir das 16hs

Quarta-feira (22) – Fórum de Fortalecimento da Rede de Atendimento da Criança e do Adolescente em Situação de Abuso e Exploração Sexual, na Câmara de Vereadores, na rua Manatá 565, a partir das 9h

Como denunciar

Para a realização de denúncias, o disque 100 é um dos canais que atuam diretamente na assistência às vítimas de violência sexual. No processo de denúncias, o primeiro órgão a ser acionado é o Conselho Tutelar pelo telefone (51)9971-82092 que age como porta de entrada (nas situações de crianças e adolescentes), no prazo de 24 horas, mantendo em sigilo a identidade da pessoa denunciante.

18 de Maio

O dia 18 de maio marca o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, uma das facetas da violência infanto-juvenil. Essa data foi escolhida em homenagem a outra menina: Araceli Cabrera Sanches, de oito anos, sequestrada em 18 de maio de 1973. Ela foi drogada, espancada, estuprada e morta brutalmente.


Compartilhe essa notícia
error: Não autorizamos cópia do nosso conteúdo. Se você gostou, pode compartilhar nas redes sociais.