Cachoeirinha suspende as aulas na rede municipal devido ao coronavírus - oreporter.net - Notícias de Cachoeirinha e Gravataí
As aulas nas escolas estão suspensas até maio - Foto: Arquivo/oreporter.net

Cachoeirinha suspende as aulas na rede municipal devido ao coronavírus

O retorno das aulas está previsto para o final do mês março

Cachoeirinha – As escolas municipais Cachoeirinha estão com as aulas suspensas como medida de prevenção à circulação do novo coronavírus até o final do mês de março. A decisão foi anunciada nesta segunda-feira (16) pelo prefeito Miki Breier, durante uma live no Facebook e terá inicio nesta terça-feira (17)

Na última sexta-feira (13) o prefeito Miki Breier sancionou o decreto com medidas para evitar a propagação do coronavírus na cidade. Válido por 30 dias, o documento suspende atividades de capacitação, treinamentos e atos coletivos realizados pelos órgãos da administração municipal que impliquem na aglomeração de pessoas. Viagens interestaduais ou internacionais e participação de servidores em eventos estão proibidos. Acesse o documento clicando aqui.

A norma integra um conjunto de ações preventivas, de acordo com o chefe do Executivo. “Embora Cachoeirinha não tenha nenhum caso confirmado, estamos atuando na prevenção. Complementamos medidas como o plano de contingência, que deve ser posto em prática se o vírus chegar à cidade. Além disso, o setor de Vigilância Epidemiológica atuou na formação e qualificação dos profissionais da saúde”, explicou.

O decreto estabelece ainda que servidores que estiverem afastados ou que tiveram contato ou convívio com caso suspeito ou confirmado devem informar o fato à chefia imediata. Mesmo os que não apresentarem sintomas, eles deverão cumprir a quarentena em regime excepcional de teletrabalho pelo prazo de até 14 dias. As mesmas medidas valem para os profissionais terceirizados.

O decreto determina ainda que os ambientes devam ser ventilados e reforça as etiquetas de higiene: lavagem das mãos com água e sabão, uso de álcool gel 70%, limpeza de superfícies com água sanitária e ao tossir ou espirrar, cobrir nariz e boca com lenço descartável ou com o braço. “Pedimos a colaboração da comunidade para que adote medidas semelhantes, evitando aglomerações e reforçando as medidas preventivas”, aponta o secretário da Saúde, Dyego Matielo.

Compartilhe essa notícia
error: Não autorizamos cópia do nosso conteúdo. Se você gostou, pode compartilhar nas redes sociais.