Caça da FAB cai em Viamão - oreporter.net - Notícias de Cachoeirinha e Gravataí
Caça é um A1-M - Foto: FAB/Divulgação

Caça da FAB cai em Viamão

Pilotos conseguiram se ejetar e a aeronave não caiu sobre nenhum imóvel nas proximidades do pedágio da RS-040

Um caça da Força Aérea Brasileira (FAB) caiu na tarde desta sexta-feira (5) em Viamão. A aeronave caiu em um sítio nas proximidades do pedágio na RS-040 na localidade chamada de Sítio São José.

Os dois pilotos conseguiram se ejetar e não tiveram ferimentos graves. O caça não chegou a cair sobre nenhum imóvel e foi direcionado, conforme nota oficial da FAB (leia abaixo), para uma região desabitada quando os pilotos detectaram uma falha técnica. Não há detalhes ainda sobre os motivos do acidente e a FAB enviou ao local uma equipe para fazer a investigação.

O caça é uma versão modernizada do AMX A1 fabricado pela Embraer. O modelo foi lançado há 39 anos em uma parceria da empresa brasileira com empresas italianas. Ele é uma aeronave de ataque. O bombardeiro pode transportar 3,8 toneladas de explosivos. Com a modernização, ele passou a se chamar A1-M.

Conforme a FAB, a Ala 3, em Canoas (RS), está sediando mais uma edição do exercício de combate aéreo BVR – do inglês, Beyond Visual Range, ou seja, além do alcance visual. O treinamento, que começou na última segunda-feira (01/04), vai até o próximo dia 16 e objetiva adestrar pilotos, controladores e equipes de solo para executarem missões de combate, avaliando performance e reação à ameaça com o emprego de mísseis BVR.

Essa tecnologia proporciona aumento do elemento surpresa e maior segurança ao piloto, que consegue operar de uma distância maior, o que dificulta o contra-ataque.

Dentre as aeronaves participantes estão os caças F-5M e A-1M, a aeronave-radar E-99, a aeronave de reconhecimento R-35; o avião KC-130, que realiza reabastecimento em voo para outras aeronaves, e o helicóptero H-36 Caracal para missões de busca e salvamento (SAR – Search and Rescue).

A operação é considerada de nível nacional, pois participam esquadrões de voo de Manaus (AM), Anápolis (GO), Campo Grande (MS), Rio de Janeiro (RJ) e Santa Maria (RS), demandando um grande esforço logístico.

NOTA OFICIAL DA FAB

O Comando da Aeronáutica informa que dois pilotos da Força Aérea Brasileira (FAB) ejetaram-se, na tarde desta sexta-feira (05/04), nas proximidades do município de Viamão (RS), após detectarem uma falha técnica na aeronave de caça A-1 M durante treinamento. A aeronave foi direcionada a uma região desabitada. Os pilotos passam bem e recebem acompanhamento médico. Equipes de investigação da FAB estão se deslocando até o local para apurar os fatores contribuintes da ocorrência.

Atualizada – 05/04/2019 – 17h49min

Compartilhe essa notícia
error: Não autorizamos cópia do nosso conteúdo. Se você gostou, pode compartilhar nas redes sociais.