Buraqueira e pó na Espírito Santo irritam moradores e comerciantes - oreporter.net - Notícias de Cachoeirinha e Gravataí
Corsan explica que período de chuvas impede conclusão da obra - Foto: Divulgação

Buraqueira e pó na Espírito Santo irritam moradores e comerciantes

Engenheiros da Corsan e da empresa Sintra garantem que só aguardam passar o período de chuvas para concluir a obra de instalação da rede de esgoto

Cachoeirinha – Uma obra realizada para instalação da rede de esgoto da Corsan tem causado muitos transtornos aos moradores da avenida Espirito Santo, no Parque Espírito Santo, em Cachoeirinha. A avenida foi perfurada para instalação do duto para escoar o esgoto e até o momento não recebeu o serviço de reconstrução do pavimento.

Alguns motoristas acabam tendo danos em rodas, pneus e suspensão – Foto: Divulgação

Segundo o vendedor e morador da avenida, Gabriel Rosa, há várias semanas a obra causa transtornos e até prejuízos. “Dia de chuva é um barro só e quando tem sol a poeira toma conta de tudo. E ainda temos danos nos carros, nas rodas e suspensão. Tá muito difícil fazer qualquer coisa por aqui. Só queremos que a Corsan coloque o asfalto novamente na avenida”, declarou.

Na última terça-feira, segundo ele, um motociclista caiu por conta de um buraco e alguns carros tiveram todas entortadas e pneus furados. “Destruíram a avenida há mais de 60 dias e não fizeram os consertos”, reclamou.

Os engenheiros Willian e Lisiane reunidos com a gerente da Corsan Eliane Pacheco – Foto: Rodrigo Alves

Na manhã desta quinta-feira (31), a gerente da Corsan, Eliane Pacheco, o engenheiro responsável pelo setor de obras, Willian Fernandes, e a engenheira da empresa terceirizada Sintra, Lisiane Piegas, reconheceram para a reportagem que a situação é caótica no trecho da avenida Espirito Santo entre a avenida Marechal Rondon e a rua Minas Gerais.

Conforme Lisiane, a recomposição do asfalto só não ocorreu ainda devido a chuva que não vem dando trégua. “Não podemos colocar o asfalto quente em um solo encharcado como está agora. A conclusão da obra será feita assim que o tivermos melhores condições climáticas, ou seja, com o retorno do sol”, garantiu.

Willian Fernandes explicou que a instalação da rede de esgoto começou no último dia 4 de setembro e só não foi totalmente concluída devido a chuva. “Se o tempo firmar, o prazo para a conclusão da pavimentação da avenida é para segunda semana de novembro”, ressaltou.

Compartilhe essa notícia
error: Não autorizamos cópia do nosso conteúdo. Se você gostou, pode compartilhar nas redes sociais.