Audiência pública debaterá feminicídio na Câmara de Vereadores - oreporter.net - Notícias de Cachoeirinha e Gravataí
O debate será comandado pelo deputado Sergio Peres - Foto: Sâmela Moreira/Divulgação

Audiência pública debaterá feminicídio na Câmara de Vereadores

O debate é aberto para toda comunidade e ocorrerá nesta quinta-feira (10) a partir das 19h

Cachoeirinha – Na próxima quinta-feira (10), a partir das 19h, a Câmara de Vereadores de Cachoeirinha sediará audiência pública para tratar do feminicídio e da violência contra a mulher. O debate sobre o tema tem percorrido municípios gaúchos por iniciativa da Comissão de Cidadania e Direitos Humanos (CCDH), colegiado presidido pelo deputado Sergio Peres (Republicanos).

Mais de 1.200 mulheres foram vítimas de feminicídio no Brasil em 2018. Somente nos primeiros 3 meses de 2019, mais de 300 feminicídios foram registrados. “Os autores dos casos de morte, estupro e outros tipos de agressão têm algo em comum: na maioria das vezes, são pessoas com quem a vítima tem ou já teve relação afetiva. Por isso, é necessário repudiar a ideia de que em briga de marido e mulher não se mete a colher”, defende o proponente da audiência pública.

A proteção à mulher, com ênfase no combate à discriminação e à violência, é uma das principais bandeiras de atuação do deputado republicano. Desde o seu primeiro mandato, o gabinete de Sergio Peres publica regularmente a cartilha com a Lei Maria da Penha e informações sobre a rede de atendimento. No último mês de setembro, a publicação foi realizada por meio da CCDH. “Conhecer os direitos e os canais disponíveis para buscar ajuda é um dos meios para assegurar o combate à violência, mas não é uma garantia. A mudança passa pela legislação, mas começa com a transformação de um modelo cultural iniciado na infância. Precisamos criar os meninos para amarem e respeitarem as mulheres. Mais que fazer leis, precisamos construir exemplos”, propõe o deputado.

A Lei Maria da Penha é considerada pela Organização das Nações Unidas (ONU) uma das mais avançadas legislações do planeta de enfrentamento ao problema.A cartilha com a lei atualizada e contatos da rede de atendimento está disponível de forma gratuita à população gaúcha pelos fones 5132102639 e 5132102637 ou pelo e-mail ccdh@al.rs.gov.br

Compartilhe essa notícia
error: Não autorizamos cópia do nosso conteúdo. Se você gostou, pode compartilhar nas redes sociais.