Testes da Covid serão aplicados em cinco asilos de Cachoeirinha - oreporter.net - Notícias de Cachoeirinha e Gravataí
Coleta para testes serão feitas na quarta e quinta - Foto: Divulgação

Testes da Covid serão aplicados em cinco asilos de Cachoeirinha

Cachoeirinha recebe o Projeto Piloto da ação Corona Zero, liderada pelo Rotary Clube, e prevê testes de PCR na população que é mais vulnerável a doença

Cachoeirinha – Cachoeirinha será o município piloto no Rio Grande do Sul a aplicar as primeiras testagens do Programa Corona Zero, liderado pelo Rotary que prevê a testagem em Asilos de todo o Brasil – totalizando 3.500 instituições – atuando assim de forma preventiva na população mais vulnerável ao Covid-19. As equipes farão a coleta para os testes de RT-PCR na quarta (05) e quinta-feira (06) em cinco lares de idosos na cidade, totalizando quase 200 pessoas, além dos idosos, também serão aplicados os testes nos funcionários e profissionais que atuam nas instituições.

Publicidade

A coleta acontecerá nos asilos Nossa Senhora Aparecida, Santa Bárbara, Estrela de Davi, Nosso Recanto e Residencial do Bosque. Cada coleta tem uma série de protocolos, desde roupas especiais e equipamentos para os profissionais, temperatura do armazenamento, acondicionamento e maneira correta de transportar. Ao final de cada dia, os materiais coletados (considerados carga biológica) são levados até o aeroporto por empresa especializada, diretamente para São Paulo, onde o laboratório fará a análise.

Conforme o líder do projeto na região, o rotariano do Rotary Club de Cachoeirinha, Eliseu Gonçalves, essa é uma das ações mais complexas já desenvolvidas pela entidade, pelo grau de responsabilidade e exigência de segurança e saúde. “A comunidade pode se orgulhar em receber o Corona Zero, o trabalho foi imenso, mas com a certeza da importância da sua execução. Queremos auxiliar na prevenção da doença justamente para essa população que hoje representa 20% da origem das mortes de Covid – que são os residentes ou funcionários destas instituições”, afirmou Eliseu.

Diversos testes serão realizados nos asilos

Somente em Cachoeirinha, o custo estimado da ação gira em torno de R$ 100 mil, mas é graças a uma imensa rede de parceiros que vai desde o cadastramento de todos os idosos e funcionários, transporte, vôo até SP, laboratório e profissionais que a ação acontecendo. Cachoeirinha servirá de modelo para os mais de 800 asilos no RS que também receberão a iniciativa. Somente na região metropolitana de Porto Alegre serão 230. No Brasil existem em torno de 3.500 asilos abrigando cerca de 70 mil idosos. A meta do Programa CoronaZero é beneficiar cerca de 80% desse público.

Publicidade

Rotary é pioneiro mundial em projetos sociais na área da saúde:

Em 1988, o Rotary International lançou o maior projeto social para erradicar a pólio, investindo, até hoje, cerca de R$ 10 bilhões para imunização de crianças em todo o mundo. A doença que registrava cerca de 350 mil casos por ano em 1985 e hoje já é considerada erradicada do planeta atualmente. Em 2019, o Rotary promoveu também a maior campanha de testagem do mundo com a aplicação de 1 milhão de testes de Hepatite B e C, em 50 países do mundo, simultaneamente em uma semana.

Publicidade
Compartilhe essa notícia
error: Não autorizamos cópia do nosso conteúdo. Se você gostou, pode compartilhar nas redes sociais.