Templates by BIGtheme NET
Home / POLÍTICA / Stédile pode virar secretário no governo Eduardo Leite
Stédile é presidente do PSB - Foto: Divulgação

Stédile pode virar secretário no governo Eduardo Leite


Governador eleito negocia apoio da bancada do PSB na Assembleia para seu governo


O deputado federal José Stédile, atual presidente do PSB no Rio Grande do Sul, poderá fazer parte do primeiro escalão do governador eleito Eduardo Leite. O partido foi convidado para integrar o novo governo e garantir apoio da bancada composta por três deputados na Assembleia Legislativa.

O PSB faz parte hoje do governo Sartori ocupando a secretaria de Obras, Saneamento e Habitação, com Rogério Salazar, e a de Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo, com Tarcisio Minetto. Estas duas interessam ao partido, podendo uma ser trocada pela secretaria do Trabalho.

Publicidade

Na última segunda-feira (19), Stédile esteve no Seminário de Regularização Fundiária realizado na Câmara de Vereadores para debater a situação da Granja Esperança e em conversa com a reportagem destacou que o PSB aceita integrar o novo governo se a contrapartida para o apoio for “do mesmo tamanho que temos hoje”. Não há ainda uma resposta de Leite para o pedido dos socialistas.

Stédile foi o deputado federal do PSB não eleito com maior votação. Fez 52.14 votos, ficando na suplência. No geral, ele foi o quarto mais votado entre os não eleitos. Estas são credencias que o habilitam para ser um dos secretários. A definição de nomes que serão indicados ao governador eleito, se ele aceitar a proposta, será definida pelo diretório do partido, que tem 100 votos.

No PSB há uma divisão. Stédile integra o grupo que tem a maioria de votos e do outro lado está o grupo de Beto Albuquerque, que não se elegeu para o Senado, formado pelo prefeito Miki Breier e Juliano Paz, entre outros de Cachoeirinha. Stédile não comenta essa questão interna, mas não descarta a possibilidade de uma composição na qual seu nome e o de Beto sejam os definidos para ocupar duas pastas.

Um dos principais projetos para o qual Eduardo Leite já está trabalhando é a prorrogação das alíquotas de ICMS. E para isso ele precisa conquistar o apoio de bancadas que não fizeram parte da coligação.

error: Não autorizamos cópia do nosso conteúdo. Se você gostou, pode compartilhar nas redes sociais.