Simca faz prefeitura mudar modelo de contratação de médicos - oreporter.net - Notícias de Cachoeirinha e Gravataí
Médicos são para a UPA - Foto: Roque Lopes/arquivo

Simca faz prefeitura mudar modelo de contratação de médicos

Projeto encaminhado à Câmara de Vereadores pede autorização para a contratação de até 15 médicos e 15 pediatras

Publicidade

Cachoeirinha – A prefeitura terá que mudar o modelo de contratação de médicos plantonistas para a UPA 24 Horas Francisco de Medeiros. Por decisão do Tribunal de Justiça do Estado, em julgamento do ano passado, os serviços não poderão ser mais terceirizados e o contrato termina em outubro. A ação foi movida pelo Sindicato dos Municipários de Cachoeirinha (Simca) sustentando haver inconstitucionalidade em lei autorizando a contratação de empresas para o fornecimento de mão-de-obra.

Publicidade

Conforme o secretário municipal da Saúde, Juliano Paz, o pedido de autorização encaminhado ao Legislativo é para a contratação temporária de excepcional interesse público. Estão previstos até 15 médicos clínicos plantonistas e até 15 médicos pediatras plantonistas.

Publicidade

Quando optou pela terceirização em 2019, a prefeitura encontrava dificuldades para o preenchimento de vagas existentes já que não havia número suficiente de profissionais interessados nas vagas existentes. Agora, segundo o secretário, há a expectativa de que a maioria dos médicos que já atuam na UPA se interessem em permanecer neste novo modelo de contratação.

As contratações terão a validade de seis meses, prazo que Juliano Paz entende ser suficiente para ser avaliado como será o modelo seguinte, se através de concurso público, como defende o Simca, ou por intermédio contratação de uma Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (Oscip), sem fins lucrativos. “A população pode ficar tranquila. Não vamos ficar sem médicos”, garante.

Publicidade

error: Não autorizamos cópia do nosso conteúdo. Se você gostou, pode compartilhar nas redes sociais.