RS-118 e RS-020 serão concedidas e vai ter pedágio - oreporter.net - Notícias de Cachoeirinha e Gravataí
Governador fez a apresentação do plano Avançar - Foto: Gustavo Mansur / Palácio Piratini

RS-118 e RS-020 serão concedidas e vai ter pedágio

Governo do Estado apresentou o plano de concessões, mas ainda não revelou detalhes sobre pedágio

O Governo do Estado apresentou nesta quarta-feira (9) um plano de concessão de rodovias e realização de obras que integram o programa Avançar. No eixo mobilidade está prevista a conclusão de 28 acessos municipais e 20 ligações regionais com recursos públicos projetados em R$ 1,3 bilhão.

Ainda neste eixo estão as concessões de rodovias. São três blocos. Rodovias da Região Metropolitana integram o bloco 1 com um total de 445,15 quilômetros e investimentos projetados em R$ 3,9 bilhões em 30 anos.

Publicidade

Nele está incluída a RS-118 até Viamão, incluindo o trecho duplicado de Sapucaia do Sul a Gravataí. No total são 38,23 quilômetros, sendo 21 da duplicação. A RS-020 também está neste bloco.

Nos três blocos de concessões os investimentos previstos são de R$ 10,6 bilhões nos 30 anos das concessões, sendo R$ 3,9 bilhões somente nos cinco primeiros anos.

Publicidade

A divisão em três lotes focou em proximidade geográfica, lotes viáveis sob forma de concessão comum e extensão capaz de atrair o maior número de investidores.

As rodovias do bloco 1

O Governador Eduardo Leite confirmou a extinção da Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR), que atualmente administra a maioria das estradas que fazem parte do pacote de concessões. O encerramento das atividades da EGR ocorrerá quando as empresas vencedoras dos leilões, que devem acontecer em dezembro, assumirem os lotes das rodovias.

Ainda neste mês, as secretarias de Parcerias e de Planejamento, Governança e Gestão apresentarão outras informações, como localização das praças de pedágio e valores das tarifas. A consulta e audiências públicas serão realizadas em junho e julho. A população também poderá participar do processo por meio digital.

O mapa da concessão do bloco 1

No último domingo, o secretário estadual de Logística e Transportes, Juvir Costella, divulgou um vídeo chamando de fake news a possível instalação de uma praça de pedágio no trecho duplicado da RS-118. Lideranças empresariais e Câmara de Vereadores de diversos municípios da Região Metropolitana já criaram frentes parlamentares contra o possível pedágio.

A frente parlamentar de Cachoeirinha, proposta pelo vereador Marco Barbosa, fará o lançamento oficial do movimento em um almoço nesta quinta-feira no restaurante Selita Schneider, no Centro das Indústrias de Cachoeirinha.

LEIA MAIS

Governo do RS nega e chama possível pedágio na RS-118 de fake news

Câmara de Cachoeirinha aprova frente parlamentar contra pedágio na RS-118

Publicidade

Compartilhe essa notícia
error: Não autorizamos cópia do nosso conteúdo. Se você gostou, pode compartilhar nas redes sociais.