Primeira reunião do Codes debate mudanças climáticas e Plano de Ação – oreporter.net – Notícias de Cachoeirinha e Gravataí
Foto: Vivian Anne/PMG

Primeira reunião do Codes debate mudanças climáticas e Plano de Ação

Prefeito Zaffalon destaca que prefeitura precisa ter um plano que garanta segurança à população

Gravataí – A primeira reunião do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (Codes) de 2024 foi marcada pela transferência de cargo do prefeito em exercício Dr. Levi Melo para o prefeito Luiz Zaffalon e também pelo debate sobre mudanças climáticas e a questão das árvores no município. O evento, que teve como tema “Preparar Gravataí para novos tempos”, ocorreu na manhã desta quarta-feira (21), na empresa Dana Incorporation.

Publicidade
Publicidade

O debate tornou-se necessário após diversos eventos climáticos atingirem Gravataí e causarem perdas econômicas, materiais e ambientais. O último deles, em 16 de janeiro, devastou a cidade e até hoje é possível observar os estragos. Dessa forma, o prefeito Luiz Zaffalon convidou representantes do poder público, concessionárias de água e energia e a sociedade para falar sobre o tema e buscar alternativas para o futuro.

Publicidade

Após a transferência do cargo, Zaffalon, que também é presidente do Codes, afirmou que o município precisa estar preparado e com um plano factível, que possa ser colocado em prática. “Precisamos investir nessa questão. O orçamento público precisa ter uma verba permanente para tratar, por exemplo, do desassoreamento dos arroios. Nós, como sociedade, temos que desenvolver um programa de conscientização, pois este problema também é nosso, não é só apenas da Prefeitura”, lembrou.

O vice-prefeito Dr. Levi Melo destacou que o tema da reunião está alinhado com os debates mundiais sobre as mudanças climáticas. “Precisamos de um planejamento para os próximos anos, para que não precisemos, a cada evento desses, reconstruir toda a cidade”, ressaltou.

Publicidade

Novos tempos

O professor de geografia e do curso de pós-graduação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Francisco Eliseu Aquino, fez a apresentação “Desafio das mudanças climáticas e suas conexões com o Rio Grande do Sul”.

Durante a palestra, ele afirmou que os pesquisadores buscam compreender melhor o estado natural do sistema terrestre, ou seja, toda a natureza e sua biodiversidade. É dessa forma e estudando as regiões atingidas, neste caso Gravataí, que são feitas as buscas por alterações de um planeta alterado.

“Precisamos assumir, na agenda pública, que isso tem que ser encarado e todo município que faz isso sai na frente, protege a vida e protege a economia. A saída mais barata é a preservação da natureza e o plantio de árvores. Pois as tempestades serão cada vez mais vigorosas e frequentes”, alertou.

Durante a sua apresentação, explicou, de forma detalhada, como os últimos eventos climáticos afetaram Gravataí e também o que está fazendo o município e o estado serem, cada vez mais, palco deste tipo de catástrofe.

As árvores do futuro

Com objetivo de trazer alternativas para o plantio de árvores e evitar as quedas nas ruas, avenidas e sobre as redes de energia, o secretário de Meio Ambiente (Sema) Diego Moraes, o diretor técnico da secretaria José Alberto Cariolatto e o fiscal ambiental Tiago Rieger falaram sobre uma “Arborização mais segura”.

De acordo com Diego, é necessário uma mudança prática, por isso a importância do debate proposto no Codes. O secretário afirma que, ao tratar das mudanças climáticas e do impacto das árvores no município, Gravataí dá um importante passo na questão ambiental.

Um dos pontos levantados na apresentação foi a necessidade da adoção de medidas preventivas para reduzir os riscos associados à queda de árvores.

Entre os principais pontos estão; a regulamentação do tema, com alterações legislativas para incentivar o manejo vegetal passível de risco; programa preventivo de poda; educação para prevenção; aplicação de medidas de controle para garantir a segurança da infraestrutura pública e privada.

Na sequência, o gerente de relacionamento com o poder público da RGE Sul Distribuidora Gaúcha de Energia Cristiano Machado Pires falou sobre “O impacto da vegetação na rede de distribuição de energia”.

“Quero parabenizar a prefeitura de Gravataí por reunir todos os envolvidos neste tema, poder público e representantes das concessionárias. Assim poderemos estabelecer um plano de arborização que conviva de forma benéfica com a cidade, não gerando problemas como o ocorrido no mês de janeiro”, disse.

Cristiano explicou que, após a tempestade de 16 de janeiro, 125 mil pessoas ficaram sem luz em Gravataí. De acordo com o gerente de relacionamento da RGE Sul, milhares destes casos foram causado por conta da queda de árvores nas redes de energia.

“A legislação precisa ser revisitada, para que trate de forma abrangente das devidas realizações e trato com as árvores, mas, claro, dentro das propostas da Sema, para que faço o manejo e manutenção”, reiterou.

O futuro de Gravataí

Finalizando a reunião do Codes, o prefeito Luiz Zaffalon homenageou a estudante Larissa Cristina da Costa. Moradora do bairro São Vicente, ela tem 19 anos e foi aprovada no vestibular de Medicina da UFRGS, que está entre os 10 mais concorridos do Brasil.

Aluna da rede municipal, ela frequentou o ensino fundamental na Escola Municipal Áurea Celi Barbosa e concluiu o ensino médio pelo Enceja. Em 2022, com uma boa nota no Enem, foi aprovada em Fonoaudiologia na Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (UFCSPA). Porém sempre almejava o curso de Medicina e acreditava que com mais esforço teria chances de alcançar esse objetivo no vestibular. 

Em sua formação, Larissa contou com o apoio de muitos profissionais da educação, e pode aproveitar as melhorias na educação de Gravataí. Dessa forma, a estudante fez a preparação para o vestibular contando apenas com a sua dedicação, foco e os livros da Biblioteca Municipal de Gravataí Monteiro Lobato.

Além do acervo geral, os livros didáticos expostos para doação em frente à biblioteca também auxiliaram no processo de estudo da jovem.

Emocionado, o prefeito Luiz Zaffalon parabenizou Larissa e afirmou que ela é um exemplo não apenas para os jovens de Gravataí, mas para toda a população. De acordo com Zaffa, a estudante de Medicina tem muito a oferecer para o município e um futuro brilhante pela frente.

Médico e formado pela UFRGS, o vice-prefeito Dr. Levi Melo também se emocionou ao cumprimentar Larissa. “É muito bonito e emocionante ver esta tua conquista. Eu vim do interior para estudar em Porto Alegre e sei das dificuldades. Tenho plena certeza da tua inteligência e do quanto tu te esforçou para isso. Te desejo um futuro lindo e brilhando”, concluiu.

Presenças

Estavam presentes na reunião do Codes a primeira-dama Marlene Zaffalon, a coordenadora do Conselho e chefe de gabinete do prefeito Mari Leia Bastiani, secretários municipais, representantes do governo municipal, do comércio e serviços, sindicatos, entidades de classe ambiental e religiosa. Também participaram a vereadora Márcia Becker e os vereadores Alex Peixe, presidente do Legislativo, Bombeiro Batista, Clebes Mendes, Fábio Ávila e Roger Corrêa.

error: Não autorizamos cópia do nosso conteúdo. Se você gostou, pode compartilhar nas redes sociais.