Templates by BIGtheme NET
Home / CIDADE / Prefeitura rompe rede e agrava falta de água
Cano furado deixa

Prefeitura rompe rede e agrava falta de água


Técnico da Corsan informou que rompimento da rede foi provocado por uma retroescavadeira da Prefeitura


Uma retroescavadeira da Prefeitura de Cachoeirinha abriu um buraco em uma rede de 125 milímetros da Corsan e agravou a falta de água na região das paradas 47 até 51. A máquina estava sendo usada para abrir uma vala na frente da Clínica Prontomed, na Flores da Cunha com a rua Alvício da Silva, no bairro Carlos Wilkens, para acesso à rede fluvial.

A assessoria de imprensa da Corsan informou que a falta de água afeta a Vila Jardim América, Veranópolis, Imbuí, Vila Eunice, Vila Márcia, Vila Santo Ângelo e Carlos Wilkens, com previsão de normalização para o final da tarde desta terça-feira (5). A região concentra os principais restaurantes e clínicas da cidade além de dezenas de estabelecimentos comerciais.

Publicidade

Por volta das 11h40min a reportagem esteve no local e encontrou um técnico da Corsan aguardando apoio para fazer o conserto no cano. Ele não tinha conhecimento de outro problema no abastecimento na cidade e informou que o buraco no cano foi provocado pela retroescavadeira da Prefeitura. O operador da máquina aproveitou que estava no local e ajudou a abrir o buraco para o conserto.

Desde o início da noite de segunda-feira (4), toda a região da parada 49 até a ponte está sem água e o problema, conforme constatado pela reportagem, não é em decorrência apenas do rompimento da rede causado pela Prefeitura na manhã desta terça, que só agravou a falta de água ampliando o número de moradias atingidas.

Cano fica na esquina da Flores da Cunha com Alvício Silva

A gerente da Corsan em Cachoeirinha, Eliane Pacheco de Souza, informou às 13h20min que havia um vazamento na rede na rua Rui Barbosa na Vila Santo Ângelo, além da Alvício. Segundo ela, o conserto na Rui Barbosa foi concluído ao meio-dia. Já o cano furado pela Prefeitura seria consertado no início da tarde.

Já a assessoria de imprensa da Prefeitura explicou que escavações em locais onde há risco de danos à rede são feitas sempre com a presença de um servidor da Corsan.

A assessoria de imprensa da Corsan não soube informar porque parte da cidade está sem água desde a segunda à noite e pediu o envio de um e-mail para verificar detalhes.

Nesta terça, às 17 horas, a gerente da Corsan irá até a Câmara para dar explicações sobre as constantes falta de água na cidade.

Atualizada 05/02/2019 – 14h39min.

error: Não autorizamos cópia do nosso conteúdo. Se você gostou, pode compartilhar nas redes sociais.