Prefeito e primeira-dama recebem menino Erick Pereira - oreporter.net - Notícias de Cachoeirinha e Gravataí
O encontro ocorreu nesta quarta-feira - Foto:Douglas Glier Schütz /PMG

Prefeito e primeira-dama recebem menino Erick Pereira

Bombeiro mirim e no 9º ano do ensino fundamental, o garoto será um dos beneficiados pelo Complexo de Educação Especial

Gravataí –O prefeito Marco Alba e a primeira-dama Patrícia Bazotti Alba receberam uma visita muito especial na tarde da quarta-feira (3). O menino Erick Pereira e a mãe dele, Patrícia Pereira, estiveram no gabinete para presentear o prefeito e a primeira-dama com canecas personalizadas. As artes, criadas por Erick, são pintadas com os dedos em uma tela e depois impressas nos itens.

Publicidade

A mãe explica como surgiu a ideia. “Começaram a me marcar em uma postagem de um menino autista que pinta e vende canecas. E alguns amigos já começaram a encomendar canecas com as telas do Erick”. Nas redes sociais, ele conta com quase sete mil seguidores. A página @erickdescomplicando traz o dia a dia do menino e a discussão sobre o autismo. O lucro das vendas das canecas, que podem ser compradas pela página, serão destinadas às aulas de natação adaptada que Erick precisa fazer. O valor mensal das aulas, que são feitas duas vezes por semana, é de R$ 570.

Durante a conversa, a mãe de Erick também pediu ao prefeito a implementação da Carteira de Identificação da Pessoa com Transtorno do Espectro Autista (Ciptea). A lei federal Nº 13.977, de 8 de janeiro de 2020 já instituiu a carteirinha em nível nacional, agora o prefeito trabalha para tornar ela válida no município. “Esse é mais um passo muito importante para a comunidade autista. Como o TEA não tem característica física, essa identificação evita que a pessoa com autismo passe por algum constrangimento”.

O prefeito garantiu que viabilizará a criação da carteira. “Se é direito e para o bem, vamos fazer valer. Entendemos a necessidade dessa identificação e já vou entrar em contato com o secretário para colocar em prática. O Erick também vai ser um dos contemplados pelo Complexo de Educação Especial. Um projeto pelo qual eu quero ser lembrado e que vai trazer muito mais qualidade para a educação do município”.

Publicidade

Patrícia Bazotti Alba agradeceu o presente, mas fez questão de adquirir as canecas e se colocar à disposição da comunidade autista. “Ficamos muito agradecidos com esse gesto de carinho do Erick e da mãe dele. Mesmo assim, queremos ajudar, sabemos da importância da natação pra ele. Também vamos trabalhar para a carteirinha ser liberada o quanto antes e garantir que o Complexo de Educação Especial comece a ser construído mais rápido possível. Vai ser uma vitória para a nossa cidade”.

Publicidade

Compartilhe essa notícia
error: Não autorizamos cópia do nosso conteúdo. Se você gostou, pode compartilhar nas redes sociais.