Praça do Quiosque recebe Feira da Economia Popular Solidária - oreporter.net - Notícias de Cachoeirinha e Gravataí
A feira integra as atividades da semana da Mulher - Foto: PMG

Praça do Quiosque recebe Feira da Economia Popular Solidária

Quem busca opções em artesanato para presentear ou decorar o lar, com preço justo e em grande variedade, a Feira da Economia Popular Solidária é a melhor dica. Presente todo início do mês na Praça do Quiosque, a feira, que é uma realização da Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Trabalho, Emprego e Renda (SMTER) retornou, essa semana, a suas edições após o recesso de verão. Na próxima semana, dentro das atividades da Semana da Mulher, 11 dos 24 expositores estarão com seus produtos expostos na Praça das 9h às 18h.

 A Feira oferece uma infinidade de produtos feitos por artesãos de Gravataí em um só local: roupinhas para bonecas e para bebês, velas e sachês perfumados, bolsas e porta celular em tecido bordado. Ainda podem ser conferidos arranjos de flores e as cestinhas para páscoa em E.V.A, estatuetas em gesso, guardanapos em crochê, enfeites em tecido e madeira para portas, bijuterias e muito mais.

Publicidade

 Para o coordenadora das Feiras na SMTER, Maria da Graça Garcia, a Feira da Economia Solidária é um apoio importante para os artesãos. “O intuito da Feira é o de fomentar o comércio e valorizar os produtos dos artesãos do município de forma a gerar um ganho extra aos trabalhadores e oferecer produtos únicos a preços acessíveis”, declara a coordenadora.

 Os expositores

A artesã Marli Quadros, participa das Feiras de Economia Solidária há quase dois anos. Ela conta que as exposições possibilitam a divulgação de seus trabalhos. “Para mim o artesanato é uma realização pessoal e as feiras ajudam-me a continuar produzindo, pois tenho um local certo para vender as peças que faço,” conta Marli.

Publicidade

 Já o casal Valmir Santos e Albertina Chaves, são artesãos há 20 anos dos quais 10 expõe as bolsas, porta celulares e necessaires que confeccionam em tecido na Feira da Economia Solidária. “A Feira é ótima para a divulgação e para conquistar novos clientes”, afirma Santos.

 Os arranjos de flores em E.V.A feitos por Maria Fernandes Pereira são encontrados na sua banca. Maria ressalta a importância da feira nos últimos dez anos que expõe na Praça do Quiosque. “Aqui a gente faz amigos, conhece pessoas e conquista clientes, além de conseguir encomendas de um mês para o outro. É um reforço na renda mensal”, conta Maria.

 Como participar

O primeiro passo para se habilitar a expor em Gravataí, é participar de três reuniões do Fórum da Economia Solidária que acontecem na segunda segunda-feira de cada mês. O local das reuniões é na Rua Donga, 53, no Centro, às 14h. Também é fundamental ter uma ligação com alguma entidade ou associação para participar da Feira, além de fazer a carteira de artesão no Sine de Gravataí, através da Fundação Gaúcha do Trabalho e Assistência Social (FGTAS). (Fonte: PMG)

Publicidade
Compartilhe essa notícia

Leave a Reply

Your email address will not be published.

error: Não autorizamos cópia do nosso conteúdo. Se você gostou, pode compartilhar nas redes sociais.