Polícia identifica o homem morto no portão de casa em Cachoeirinha – oreporter.net – Notícias de Cachoeirinha e Gravataí
2ª Delegacia de Polícia - Foto: Arquivo

Polícia identifica o homem morto no portão de casa em Cachoeirinha

O crime ocorreu no portão da sua residência, na Rua Mantiqueira, no bairro Vista Alegre

Publicidade

Cachoeirinha – Um homem foi morto a tiros no final da manhã desta sexta-feira (17) ao chegar em casa, em Cachoeirinha. O crime ocorreu no portão da sua residência, na Rua Mantiqueira, no bairro Vista Alegre.

Publicidade
Publicidade

Após ouvirem os disparos, vizinhos acionaram os policiais militares do 26º Batalhão de Polícia Militar pelo telefone 190. Segundo relatos de populares aos policiais, a vítima estava chegando em casa em seu veículo, um Fiat/Uno Mille Fire Flex preto, quando foi abordada por dois homens encapuzados, que efetuaram cerca de sete tiros. Os disparos atingiram o condutor do Fiat/Uno, que morreu no local. Após o crime, os atiradores fugiram em um veículo Fiat/Uno Vivace branco. Uma equipe do SAMU esteve no local e constatou o óbito da vítima, O local foi isolado para os trabalhos da perícia.

Publicidade

Logo após serem comunicados sobre o homicídio na Vista Alegre, os investigadores da 2ª Delegacia de Polícia de Cachoeirinha iniciaram os trabalhos em busca de imagens de câmeras de segurança na região do crime que possam auxiliar na descoberta da identidade dos atiradores e na motivação do crime, destacou a delegada titular e responsável pelo caso, Milena Simioli.

A delegada Milena Simioli informou que a vítima foi identificada como Samuel Antônio Cunha da Silva, 44 anos, e nada foi levado dela. Por enquanto, indica a possibilidade de execução. Enquanto não houver a identificação do suspeito e a real motivação do crime, a polícia pede que qualquer informação seja repassada pelos telefones Whats e Telegram: (51) 98444-0606, Disque Denúncia 181 ou pelo site da Polícia Civil.

Publicidade


error: Não autorizamos cópia do nosso conteúdo. Se você gostou, pode compartilhar nas redes sociais.