Paulinho perde cargos, deixa Governo e dá maioria à oposição - oreporter.net - Notícias de Cachoeirinha e Gravataí
Paulinho ergue o braço e vibra com a vitória na eleição da Mesa Diretora da Câmara - Foto: Roque Lopes/oreporter.net

Paulinho perde cargos, deixa Governo e dá maioria à oposição

Vereador se tornou vice-presidente da Câmara ao se aliar a oposicionistas para garantir vitória da chapa de Edison Cordeiro

Cachoeirinha – O vereador Paulinho da Farmácia (PDT) desembarcou da base aliada do Governo Miki no Legislativo depois de perder seus oito cargos na Prefeitura. O parlamentar anunciou sua decisão em uma live no Facebook às 20 horas desta segunda-feira (6).

O reflexo imediato da decisão é a oposição passa a ter a maioria na Câmara. São nove vereadores na lista dos oposicionistas ou que se consideram independentes contra oito da base governista. O quadro indica que as votações mais polêmicas terminarão empatadas já que cada lado tem oito votos. Caberá ao presidente, Edison Cordeiro, que é oposição, fazer os desempates.

Paulinho havia dito à reportagem no final de dezembro que apesar de estar na Mesa Diretora com os oposicionistas, se manteria no Governo e que havia colocado os cargos à disposição do prefeito. Nesta segunda, contudo, mudou de posição após a exoneração de todos eles.

“Eu luto pela independência dos poderes, essa é uma luta minha. Que a gente consiga votar do jeito que a gente acha que deve votar, não voto a cabresto, voto mandado. Eu fiquei um pouco chateado sim, porque poderiam ter me chamado lá e ter dito seus cargos, seus espaços estão saindo do Governo pelo seu posicionamento, por sua questão junto à oposição. Eu sempre deixei bem claro que não era uma oposição ao Governo”, disse no vídeo de 20 minutos.

O parlamentar contou que vereadores da situação pediram os cargos e ainda reclamou de pedidos seus, para atender demandas de moradores de alguns bairros, não receberem atenção por parte da Prefeitura. “Alguns secretários se acham donos das pastas. Se elegem vereadores e assumem secretarias para poder fazer a política deles”, criticou.

Seguimos em frente DEMOCRACIA #VOTOLIVRE #NOVAPOLITICA #2020PAULINHODAFARMACIA

Posted by Paulinho da Farmacia on Monday, January 6, 2020
Acima, o vídeo gravado por Paulinho

“Oito famílias ficaram desempregadas porque o vereador pediu independência entre os poderes. Precisamos de democracia. Precisamos de pessoas com caráter … e não voto a cabresto, voto vendido. Eu não me vendo. Homem não se vende. Homem não tem preço. Homem tem que ter valores”, destacou.

Paulinho argumentou que vai continuar cobrando a Prefeitura. “Não estou aí para denegrir o Governo. O Governo fez muitas coisas sim, mas deixou a desejar em outras, como em pedidos nossos e de outros vereadores”, pontuou, salientando que vai buscar a reeleição para o segundo mandato.

Quem está na base do Governo

  1. Jussara Caçapava (PSB)
  2. João Tardeti (PSB)
  3. Cristian Wasem (MDB)
  4. Luis Henrique Tino (MDB)
  5. Fernando Medeiros (PDT)
  6. Manoel D`Ávila (PDT)
  7. Felisberto Xavier (PV)
  8. Deoclécio Mello (Solidariedade)

Quem é oposição ao Governo ou se diz independente

  1. Marco Barbosa (PSB)
  2. Ibaru Rodrigues (PSB)
  3. Jacqueline Ritter (PSB)
  4. Rubens Otávio (MDB)
  5. Alcídes Gattini (MDB)
  6. Edison Cordeiro (Republicanos)
  7. Duda Keller (Republicanos)
  8. Nelson Martini (PTB)
  9. Paulinho da Farmácia (PDT)
Compartilhe essa notícia
error: Não autorizamos cópia do nosso conteúdo. Se você gostou, pode compartilhar nas redes sociais.