Otoniel sobe o tom contra oposição: ‘não querem o progresso da cidade’ - oreporter.net - Notícias de Cachoeirinha e Gravataí
Otoniel pediu respeito - Foto: Reprodução

Otoniel sobe o tom contra oposição: ‘não querem o progresso da cidade’

Vereador se irritou durante discussão e votação de Frente Parlamentar para acompanhar a vacinação contra a Covid-19

Cachoeirinha – A pressão de vereadores oposicionistas para que a Frente Parlamentar em Defesa da Vacinação e de Combate à Pandemia de Covid-19, proposta pelo petista David Almansa, fosse aprovada na Sessão desta terça-feira (30) à tarde irritou o emedebista Otoniel Gomes. Uma das táticas, nos corredores e gabinetes, teria sido a de constranger integrantes da base governista com a insinuação de que eram contra ao projeto por medo de perderem cargos no governo.

Publicidade

Desde o início da Legislatura, oposicionistas tentam aprovar comissões especiais e frentes, mas nenhuma iniciativa passa. Não foi diferente com a frente da vacina. Otoniel, usando o espaço de justificativa de voto, fez um desabafo e duras críticas a oposicionistas, sem citar nomes.

“É lindo o discurso pessoal. Foi o que eu vi nos últimos quatro anos aqui. O s mesmos discursos contrários ao governo, amarrando tudo, não querem ver o progresso da cidade. É isso que eu tenho na minha lembrança e eu não era um vereador aqui nesta Casa. Eu era um expectador, um que queria o crescimento e a mudança da cidade. É lindo o discurso, a fala, o jeito de se pronunciar e até parece que nós queremos aqui, como base do Governo, é defender a morte. É o contrário, eu estou aqui para defender a vida, o crescimento e o progresso da nossa cidade”, disse.

O parlamentar ainda deixou claro que seus posicionamentos não estão presos a cargos que teria no Governo. “Aqui eu não tenho rabo preso com prefeito nenhum, não defendo ninguém, não tenho cargo do governo, tenho um assessor na minha sala, um. Falar aqui é muito bonito, muito legal, palavras, coerência, mas lá na minha sala alguém disse assim: tu é Governo e eu sou oposição. Eu entendi bem o que estava dizendo. Então nós somos Governo sim, Governo para uma cidade melhor, para um povo mais feliz”, destacou.

Publicidade

A intenção de oposicionistas de criar uma frente para acompanhar o processo de vacinação na cidade, sob a justificativa de dar sugestões para que haja melhorias, para Otoniel, não tem necessidade. “Eu sou a favor da vacina sim e vou defender a vacina e se tiver errado aí sim eu vou dizer vamos montar uma comissão, vamos prender o Juliano [Paz, secretário da Saúde], vamos prender o prefeito, mas até agora todos os municípios tem dificuldades com a vacina e Cachoeirinha não está na frente de ninguém com prerrogativa de ser melhor”, pontuou.

Cachoeirinha, conforme Otoniel, não está atrás de nenhum município na vacinação e salientou que se a cidade já tivesse recebido 100 mil doses haveria 100 mil pessoas vacinadas. Oposicionistas defendem uma maior celeridade na aplicação das doses, mas para o parlamentar o cronograma que vem sendo cumprido está adequado. David Almansa, na discussão do projeto, afirmou que parece ser uma ofensa quando oposicionistas apresentam uma proposta. Para ele, é necessário separar Legislativo e Executivo quando se trata de analisar matérias consideradas importantes para a comunidade. Ele chegou a questionar se integrantes da base tinham medo de perderem cargos.

Na justificativa de voto, Otoniel deixou claro que não possui cargos. “Estão de piada com o pessoal aqui. Eu não tenho cargo no governo e vou defender aqui que as coisas sejam de verdade e não de mentiras, de falas bonitas, treinadas. Isso aqui é uma Casa séria, Casa do Povo. As pessoas precisam ser respeitadas, que estão nas suas casas nos ouvindo. Isso aqui é sério pessoal. Eu não ganho propina de ninguém, eu não ganho abraço de ninguém, não sou amigo do prefeito, não sou amigo do secretário e não tenho cargo no governo. Fica claro isso aqui para quem falou. Fica claro isso aqui. Falta de respeito, falta de ética falar de coisas que você não tem conhecimento”, disparou, sem citar o nome do vereador da oposição a quem se dirigia.

Otoniel ainda disse que a eleição acabou. “ Então, você fala com alguém que não tem o rabo preso com ninguém e não tenho cargo no governo. Falta de respeito. É intolerável, não vou aceitar. Vamos para os debates. Acabou a eleição pessoal, acabou a eleição. 2024, monte as suas frentes e vão pedir voto na cidade e consertar e fiscalizar. Eu, Otoniel Gomes não preciso de frente para fiscalizar nenhum governo e se não estão felizes comigo aqui então vão me tirar dessa Casa”.

LEIA MAIS

Base derruba mais uma frente parlamentar da oposição

Almansa desmonta a tese que barra comissões e frentes

Publicidade
Compartilhe essa notícia
error: Não autorizamos cópia do nosso conteúdo. Se você gostou, pode compartilhar nas redes sociais.