OPINIÃO: O vereador, o Sindilojas e a demagogia - oreporter.net - Notícias de Cachoeirinha e Gravataí
Marco Barbos - Foto: Arquivo/oreporter.net

OPINIÃO: O vereador, o Sindilojas e a demagogia

Parlamentar defendeu na Tribuna da Câmara na noite desta terça-feira (29) o gasto de dinheiro público para empresas

O vereador Marco Barbosa sublimou na noite desta terça-feira (29), na Sessão da Câmara, sua inconsistência no que defende. Vale lembrar, para quem não sabe, que o parlamentar abandonou um partido mais alinhado com a esquerda (PSB) para ingressar nas fileiras de um partido mais alinhado com a direita (PP). Algo assim: você abandona os menos favorecidos para defender os poderosos.

Publicidade

Na Sessão desta noite, ele usou seus espaços para criticar o investimento da Prefeitura em publicidade e para defender que dinheiro público deva ser destinado para uma campanha de valorização do comércio proposta pelo Sindilojas.

O vereador precisa se decidir sobre o que ele quer. Reclama dos gastos com publicidade, que considera altos, da falta de transparência, mas esquece que os investimentos em publicidade estão disponíveis no painel da transparência e são fiscalizados pelo Tribunal de Contas. E ainda podem ser solicitados pela lei de Acesso à Informação. O parlamentar deveria saber disso, reforço, embora seja óbvio.

Mas vamos entrar no Sindilojas. Alguém saberia me informar qual a utilidade da entidade em Cachoeirinha? Há anos ela orbita um escritório de advocacia e o que esse sindicato faz em favor dos associados? Oferece parcerias para discussão judicial de questões tributárias e várias outras? Qual é o escritório parceiro que oferece essas condições “especiais”, isso mesmo, entre aspas?

Publicidade

Vamos olhar para a cidade ao lado, onde o Sindilojas tem uma estrutura invejável. Vamos considerar, é claro, que Cachoeirinha tem um potencial econômico muito menor que Gravataí. Mas precisamos ser tão insignificantes e orbitar um escritório de advocacia?

Avançando, a demagogia, para quem não sabe, é um termo de origem grega que significa “arte ou poder de conduzir o povo”. E o povo é conduzido conforme os interesses do demagogo.

O vereador e o Sindilojas seriam demagogos? Deixo a busca pela resposta para quem quer avaliar quais são os interesses dos envolvidos. Do vereador mais alinhado à esquerda que passa a figurar em um partido mais de direita? E/ou de um sindicato que busca apoio em uma oposição ao Governo para defender interesses próprios de seus líderes que orbitam um escritório de advocacia?

Publicidade
Compartilhe essa notícia
error: Não autorizamos cópia do nosso conteúdo. Se você gostou, pode compartilhar nas redes sociais.