OPINIÃO: como enganar as pessoas com uma lâmpada de LED - oreporter.net - Notícias de Cachoeirinha e Gravataí

OPINIÃO: como enganar as pessoas com uma lâmpada de LED

Substituição da iluminação pública em Cachoeirinha se transformou em fake news

O contrato inovador firmado pela prefeitura de Cachoeirinha com o consórcio IP Brasil, em uma modelagem inédita no Rio Grande do Sul, se transformou em ferramenta de propaganda política. Tudo porque o Tribunal de Contas do Estado viu possível irregularidade, mas não tomou nenhuma medida para suspender o contrato, mas sugeriu que a Câmara analisasse o contrato.

Publicidade

Pois a oposição abriu uma CPI e há candidatos distorcendo os dados. É a fake news como ferramenta para enganar as pessoas. O caso até já parou na Justiça em ação movida contra um candidato a vereador. E também tem candidato a prefeito que também entrou na onda de subverter a verdade dos fatos.

Antes de explicar como enganar as pessoas, vamos combinar o seguinte: eu vou ser simplório como estão sendo os candidatos. E precisamos entender alguns pontos, antes de eu entrar nos cálculos. A prefeitura paga a manutenção, ampliação e consumo com a Contribuição de Iluminação Pública (CIP) que vem na conta de energia da RGE (exceto de que faz fato, claro). Quem paga essa conta, então, somos nós.

Hoje, a Prefeitura gasta por mês R$ 445 mil em valores arredondados para termos 11 mil pontos de lâmpadas, também arredondados. Temos uma cidade na penumbra. Parte deste valor é relativo ao consumo que precisa ser pago para a RGE, correspondendo a R$ 320 mil. Os R$ 125 mil restantes para consertar o que estraga. Isso dá R$ 27 milhões em cinco anos, também conhecido como 60 meses.

Publicidade

Pelo contrato firmado com a IP Brasil, a Prefeitura vai pagar durante cinco anos, R$ 380 mil por mês para a empresa e ela vai trocar todas as lâmpadas comuns por LEDs dando uma garantia de 10 anos sobre elas. E deste valor vai ser descontado o consumo que precisa ser repassado para a RGE. Somando tudo, corresponde a R$ 23 milhões. Lembro que estou arredondando valores para não complicar a linha de raciocínio.

Agora eu vou te mostrar como você pode enganar o seu parente, vizinho ou amigo. É bem simples. Vamos usar os cálculos dos candidatos a vereador e prefeito. Você pega os R$ 23 milhões e divide por 11 mil lâmpadas. Chega ao resultado de R$ 2 mil por lâmpada – reforço que arredondo valores para facilitar o entendimento. E aí você diz para as pessoas que cada lâmpada LED custa R$ 2 mil e ignora que precisa pagar o consumo para a RGE e para consertar o que estraga durante os 5 anos. Feito, a pessoa acaba acreditando em você sem se preocupar que saiu da penumbra para ter uma rua clara como um dia.

Vamos usar o mesmo raciocínio de quem engana as pessoas para ver a polêmica por outro ângulo. Digamos que a Prefeitura não faça nada. Deixe tudo como está e continue pagando R$ 445 mil por mês para termos lâmpadas que deixam a cidade na penumbra. Esqueça que existe esse contrato para trocar as lâmpadas. Fica tudo como está.

Os R$ 445 mil por mês durante cinco anos, ou 60 meses, dá um total de R$ 27 milhões. Ainda seguindo o raciocínio dos candidatos, cada lâmpada velha que deixa a cidade na penumbra, reforço, custa R$ 2,5 mil. Isso mesmo, fica tudo na penumbra por R$ 2,5 mil.

Insisto, cada lâmpada velha que não ilumina nada custa R$ 2,5 mil. Então, eu posso pendurar um cartaz no pescoço e ficar em uma sinaleira para uma foto anunciando que te deixo na penumbra e te cobro R$ 2,5 mil para não deixar tudo como está.

Agora eu vou te perguntar: você foi enganado ou não? Estão te dizendo que uma lâmpada LED custa R$ 2 mil e eu estou afirmando e provando com base na linha de raciocínio dos candidatos que uma velha como está custa R$ 2,5 mil.

Bom dizer também que a empresa vai receber nosso dinheiro, pago na conta luz, lembro para quem não se deu conta disso ainda, por cinco anos. E vai trocar as lâmpadas que tiverem defeito de fábrica nos cinco anos seguintes sem cobrar absolutamente nada. Isso, nada, zero, pois deu garantia de 10 anos.

Mas o que a empresa tem de lucro fazendo esse negócio? Ela vai ficar com o que for economizado com o consumo e manutenção que a gente paga hoje. Durante cinco anos. Eu já tinha feito uma matéria sobre isso usando um exemplo simples: você paga hoje R$ 100,00 de conta de luz e alguém lhe oferece trocar todas as lâmpadas antigas por LED e o que você economizar repassa para ela durante 5 anos. E esse alguém te dá uma garantia sobre elas por 10 anos. Depois do quinto ano, você fica com a economia e se a lâmpada pifar, esse alguém te dá uma nova sem custo.

Então, entendeu como você pode ser enganado com uma lâmpada de LED? Deixe um comentário abaixo e compartilhe essa coluna. Sei que vou ser acusado, como sempre, de defender o Governo. Não estou defendendo ninguém. Só segui a linha de raciocínio de quem diz que uma lâmpada LED custa R$ 2 mil. E quem diz isso não te revelou que uma velha, seguindo a linha de raciocínio deles, custa R$ 2,5 mil.

Publicidade
Compartilhe essa notícia
error: Não autorizamos cópia do nosso conteúdo. Se você gostou, pode compartilhar nas redes sociais.