Novos conselheiros tutelares de Gravataí foram eleitos neste domingo - oreporter.net - Notícias de Cachoeirinha e Gravataí
A comissão contou voto a voto - Foto: Giulliano Pacheco/PMG

Novos conselheiros tutelares de Gravataí foram eleitos neste domingo

A votação aconteceu em clima de tranquilidade ao longo deste domingo

Gravataí – Cidadãos gravataienses foram às urnas, neste domingo (06), de forma facultativa, para escolher os novos conselheiros tutelares para a gestão 2020 a 2023. A eleição contou com participação de 27 candidatos para 10 vagas

O processo eleitoral, em data unificada em todo o território nacional, contou com suporte da Prefeitura de Gravataí . “O conselheiro tutelar é muito importante porque é ele quem vai estar em cada região da comunidade ouvindo o cidadão que tiver alguma demanda relacionada à violação de direito, por exemplo, na área de educação, saúde ou mesmo situações em que uma criança esteja sofrendo abuso ou maus-tratos”, explicou a secretária substituta da Família, Cidadania e Assistência Social (SMFCAS), Joice Michels. 

Para a promotora de Justiça de Gravataí,  Juliana Venturella Nahas Gavião, o trabalho do Conselho Tutelar é extremamente importante e nobre. “O conselheiro tutelar tem que ter vocação. Não é um bom salário ou uma aproximação política que pode levar este candidato a querer ser conselheiro tutelar.  Para exercer essa função tem que ter vocação. O trabalho diário deles diz respeito diretamente a violação de direitos de crianças e jovens. Assim, qualquer erro pode gerar uma grave violação de algum direito fundamental. Dessa forma, terei uma postura bastante conservadora e radical. Eu tive num primeiro momento uma aproximação mais amistosa com os conselheiros tutelares, mas será um pouco diferente nessa nova gestão. Eu já entrei com duas destituições de cargo este ano. Aquele que mostrar que não tem vocação e que não leva essa missão com a seriedade necessária, irá ter que responder processo”, disse.


Os eleitos

Os 10 candidatos mais votados serão os membros titulares do Conselho Tutelar de Gravataí, se não houver recurso a ser interposto. Os demais serão suplentes, assumindo as vagas que surgirem. Desta forma, foram eleitos Greicy Kelli (1453 votos), Deize Costa (1218 votos), Sonia Rahts (1112 votos), Cristiane Moreira (1024 votos), Liége do Santa Rita (966 votos), Tatiana Saldanha (909 votos), Paulão do Conselho (901 votos), Daiane Ferreira dos Santos (889 votos), Iris Cristiane da Silva (873 votos) e Adriana Machado dos Santos Neves (847 votos).

“Quero agradecer a Comissão, a Junta Eleitoral, os motoristas e todas as escolas pelo espaço e empenho neste e nos últimos dias. Queremos agradecer também o Cartório Eleitoral, mas precisamos dizer que tivemos seis urnas com problemas. Assim, na presença da promotora, vamos registrar essas intercorrências para que o Cartório Eleitoral evite repeti-los no próximo pleito”, contou a presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e Adolescentes (CMDCA) e da Comissão Eleitoral, Patrícia Gautério Dias.

Compartilhe essa notícia
error: Não autorizamos cópia do nosso conteúdo. Se você gostou, pode compartilhar nas redes sociais.