Mulher e bebê são atropelados durante lançamento de campanha de trânsito - oreporter.net - Notícias de Cachoeirinha e Gravataí
Evite a zebra. Atravesse sempre na faixa - Fotos: Rodrigo Alves/oreporter.net

Mulher e bebê são atropelados durante lançamento de campanha de trânsito

O atropelamento ocorreu na entrada da avenida Frederico Ritter, a poucos metros do local onde estava sendo realizado o lançamento de campanha de incentivo ao uso da faixa de pedestres

Cachoeirinha – “Faixa de Pedestre – Não Usou: Deu Zebra!”. A frase ilustra o material entregue pelos fiscais de trânsito da coordenadoria de Educação para Trânsito da secretaria municipal de Segurança e Mobilidade, na manhã desta quinta-feira (06) em Cachoeirinha. A ideia da campanha é a conscientização dos pedestres sobre a necessidade de usar a faixa de segurança nas sinaleiras. A ação educativa durou cerca de 1h30min e ocorreu na avenida Flores da Cunha, na parada 49, e abordou mais de 100 pedestres.

O que ninguém esperava, contudo, é que a poucos metros dali, na esquina da avenida com a Frederico Ritter, uma mulher e seu filho, em um carrinho, foram atropelados. E na faixa de pedestres. LEIA MAIS ABAIXO.

A campanha

Para o motorista Anacleto Andreaza, de 58 anos, este tipo de ação é sempre importante. “Sou motorista e também pedestre e estas ações são de grande importância para evitar acidentes de trânsito”, ressaltou Andreaza. A mesma opinião foi compartilhada pelo voluntário e estudante Luan Felipe, de 21 anos. “Essas blitzes educativas são para orientar e preservar vidas. Tanto o pedestres e quanto motoristas devem sempre estar atentos, pois qualquer descuido no trânsito pode ser fatal. Neste caso a atenção é fundamental”, destacou Luan.

“A atenção no trânsito sempre salva vidas”, diz Luan Felipe

A coordenadora de Educação para Trânsito da secretaria municipal de Segurança e Mobilidade, Luciana Leal, salientou que a campanha busca a conscientização da população sobre o uso da faixa de pedestre. “Nossa ideia é realizar as ações seguidamente, para conscientizar pedestres sobre os seus direitos, mas também sobre os deveres. Se tiver a faixa de segurança, ele tem de usar e o motorista tem de parar para que ele atravesse a rua em segurança. Se tem a faixa e o semáforo, o pedestre tem o dever de esperar pelo sinal para fazer a travessia”, salientou Leal.

Luciana ainda acrescentou que a campanha não tem data para terminar e também seguirá acontecendo nas escolas, associações e entidades em Cachoeirinha.

Lançamento aconteceu nesta quinta

O secretário de Segurança e Mobilidade, Joaquim Fortunato, agradeceu o empenho de todos os servidores e apoiadores. “Primeiramente, só tenho que agradecer a parceria do CFC Ritter e da MiroLog na nossa campanha. Infelizmente o nosso trânsito mata mais do que a criminalidade no Brasil. E é por isso que estamos lançando essa campanha para chamar a atenção de todos sobre a importância de atravessar sempre na faixa. ”, declarou Fortunato.

Atropelamento na faixa de pedestre

O atropelamento ocorreu quando a família atravessaram na faixa

Um casal com duas crianças de 3 meses e 2 anos cruzavam a faixa de segurança, na avenida Frederico Ritter, quando foram surpreendidos por uma caminhonete pick up Corsa, bem próximo de onde ocorria o lançamento da campanha educativa. A mulher, de 30 anos, que empurrava o carrinho com o bebê de 3 meses, acabou caindo. O carrinho tombou.

O choque não chegou a ser forte porque o veículo estava em baixa velocidade. Apesar disso, segundo os agentes de trânsito, o acidente é considerado atropelamento. O marido da mulher, 37 anos, e sua filha, 2 anos, não foram atingidos. O casal preferiu não ter suas identidades e dos filhos revelados.

Segundo o pai da criança, eles estavam cruzando a avenida para ir a uma loja de departamento para comprar um presente para sua esposa, quando foram surpreendidos pelo carro, que seguia no sentido ao Distrito Industrial. De acordo com os fiscais de trânsito, a mulher e bebê apenas tiveram escoriações pelo corpo e foram conduzidos pela ambulância do município para o Hospital Padre Jeremias.

O motorista da caminhonete, que não teve a sua identidade informada ficou em estado de choque e posteriormente foi conduzido para atendimento médico já que teve uma crise de choro. A Brigada Militar foi acionada para o registro da ocorrência de Trânsito.

Compartilhe essa notícia