Miki apresenta números do cercamento eletrônico para o governo do Estado - oreporter.net - Notícias de Cachoeirinha e Gravataí
Os números foram apresentados para o vice-governador Ranolfo Vieira Jr.- Foto: Fernando Planella/PMC

Miki apresenta números do cercamento eletrônico para o governo do Estado

Com investimentos, parcerias e tecnologia, Cachoeirinha conseguiu baixar todos os indicadores de criminalidade e o roubo de veículos caiu 55%.

Cachoeirinha – Os resultados positivos alcançados após a implantação do Cercamento Eletrônico foram apresentados nesta semana ao governador em exercício e secretário de Segurança Pública, Ranolfo Vieira Júnior, pelo prefeito de Cachoeirinha, Miki Breier. A cidade foi uma das primeiras a assinar com o Estado o termo de integração ao Sistema de Segurança Integrada com os Municípios (SIM) e o primeiro município integrante do SIM a implantar o cercamento eletrônico no RS. “Também estamos entre os pioneiros na utilização dos radares eletrônicos para segurança pública e não somente fiscalização de trânsito”, destacou o prefeito.

Com investimentos, parcerias e tecnologia, Cachoeirinha conseguiu baixar todos os indicadores de criminalidade e o roubo de veículos caiu 55%, de acordo com os dados do Observatório da Guarda Municipal. “É extremamente positiva a inciativa de Cachoeirinha. O cercamento está alinhado com o programa do Estado, RS Seguro, dialogando com a integração das forças de segurança e com os investimentos qualificados”, assinalou o governador em exercício, Ranolfo Vieira Júnior. 

O diretor de Segurança, Jorge Antônio da Silva, destacou que no primeiro semestre de 2019, o sistema de Cercamento Eletrônico resultou na recuperação de 82% dos veículos identificados com alerta de furto ou roubo que passaram por Cachoeirinha. “A Avenida Flores da Cunha, com fluxo de 50 mil veículos por dia, é a segunda via urbana mais movimentada do Rio Grande do Sul”, disse.

Em outubro de 2018, a Prefeitura de Cachoeirinha adotou a parceria com o banco de dados do CMV (Sistema de Controle e Monitoramento de Veículos) do Governo do Estado. Através do sistema OCR, instalado nos controladores eletrônicos da cidade, o CICC pode conferir irregularidades como roubo, busca e apreensão ou envolvimento em crimes em tempo real.

Compartilhe essa notícia