Líder de quadrilha de estelionatário é preso durante a Operação Inpostore - oreporter.net - Notícias de Cachoeirinha e Gravataí
Documentos apreendidos durante a operação - Foto: PC/Divulgação

Líder de quadrilha de estelionatário é preso durante a Operação Inpostore

Os policiais apreenderam documentos e veículos durante o cumprimento dos mandados de busca e apreensão

Cachoeirinha – A Polícia Civil, através da Delegacia de Repressão ao Crime de Lavagem de Dinheiro, DRLD DENARC, após 9 meses de investigações e buscas, deflagra a Operação Impostore, fase II, que visa desarticular quadrilha especializada em retirar, de maneira fraudulenta, veículos dos depósitos do Detran/RS (CRDs), seqüestrados em decorrência de investigações policiais principalmente de lavagem de dinheiro decorrentes de anos anteriores. Estão sendo cumpridos sete mandados de busca e apreensão e um mandado de prisão temporária em Porto Alegre, Gravataí, Cachoeirinha, Alvorada e em Londrina, no Paraná.

Até o momento um caminhão foi recuperado e uma caminhonete, que foi obtida por meio de estelionato contra um banco, foi apreendida. Além disso diversos documentos relacionados aos golpes da organização foram apreendidos.
Outras subtrações ilícitas de veículos também ocorreram em investigações de outras Delegacias de Polícia do Estado, o que está sendo compartilhada a prova da autoria para o devido processamento.

Segundo o delegado Adriano Nonnemmacher, o modus operandi da organização se tratava de descobrir veículos apreendidos/sequestrados em investigações policiais (sem restrição de furto/roubo), já sob tutela judicial, e falsificar assinaturas de Delegados de Polícia em documentos também falsos, a serem usados na retirada destes veículos. Um dos envolvidos, ainda, se identificava como Policial Civil a fim de dar credibilidade às ações criminosas.

Após a descoberta destes crimes pela Polícia Civil, o Detran/RS alterou a forma de retirada de veículos apreendidos em CRDs, reforçando as cautelas.

Foram identificados, até o momento, cinco integrantes do grupo criminoso, entre os quais o líder, o qual foi preso nesta manhã

Quatro investigados já possuem antecedentes criminais diversos, como associação criminosa, tráfico de entorpecentes, crimes patrimoniais, ameaças, dentre outros.

Segundo o Delegado Adriano Nonnenmacher, titular da DRLD do Denarc, foi uma investigação que demandou muito tempo de trabalho, diante da especialização dos alvos.

Para o Delegado Vladimir Urach, Diretor Geral do Denarc, foi uma ação importante, pois elucidou e estancou atuação audaciosa de quadrilha perante depósitos do Detran/RS, e que trouxe enormes prejuízos a processos e investigações criminais em andamento.

Compartilhe essa notícia
error: Não autorizamos cópia do nosso conteúdo. Se você gostou, pode compartilhar nas redes sociais.