Leite anuncia projeto para melhorar fluxo no entroncamento da ERS- 118 com a 030 - oreporter.net - Notícias de Cachoeirinha e Gravataí
O anuncio foi feito após o govenador fazer um sobrevoar a região - Foto: Maicon Hinrichsen / Palácio Piratini

Leite anuncia projeto para melhorar fluxo no entroncamento da ERS- 118 com a 030

Entre, os projetos esta a construção de uma elevada no cruzamento das rodovias

Com a duplicação dos 21,5 quilômetros da ERS-118 quase concluída, o governo do Estado já olha para outras melhorias que podem ser feitas no trecho. Após sobrevoar a rodovia na tarde da última sexta-feira (23), o governador Eduardo Leite e o secretário de Logística e Transportes, Juvir Costella, determinaram como prioridade a melhoria do entroncamento da 118 com a ERS-030, em Gravataí.

Publicidade

O projeto de duplicação em andamento, previsto para ser finalizado até o fim do ano, não contempla essa intersecção, no km 22, que dá acesso ao distrito industrial de Gravataí (avenidas Centenário e Plínio Kroeff) e localizada a apenas 500 metros da freeway (BR-290).

Com a duplicação concluída em trechos da estrada, o trânsito está fluindo bem e de forma ainda mais intensa exatamente devido às melhores condições da via. Parte do aumento no movimento é resultado da instalação de empresas na região, como do setor de logística. O grande fluxo de veículos acaba afunilando neste entroncamento, não duplicado, gerando congestionamento, que se acentuam nos horários de pico.

“Além de um sobrevoo sobre as obras de duplicação da 118, que estão na etapa final e faremos a entrega ainda neste ano, sobrevoamos o entroncamento com a ERS-030, onde existe um conflito de trânsito a ser resolvido. Demandamos ao Daer (Departamento Autônomo de Estradas de Rodagens) dois projetos: um emergencial, que resolva de forma rápida e temporária o problema, e outro de uma construção de uma elevada e de uma trincheira, que deverá resolver definitivamente”, afirmou o governador.

Publicidade
Gov Sobrevoo 118 Maicon Hinrichsen Palacio Piratini 17
Intersecção, no km 22, dá acesso ao distrito industrial de Gravataí e fica a 500 metros da freeway – Foto: Maicon Hinrichsen / Palácio Piratini

A elaboração dos estudos e projetos de viabilidade devem ser incluídos ainda no orçamento de 2021. Conforme a análise preliminar do Daer, a trincheira, que seria usada pelos motoristas que queiram ingressar na área urbana de Gravataí (o tráfego da ERS-118 seguiria por cima), e um viaduto, que proporcionaria um acesso lateral à ERS-030, poderiam resolver de forma definitiva o fluxo no local.

“Para que a população, que já terá enormes ganhos com a entrega da duplicação da 118, não espere por essa solução no entroncamento, o Daer vai entregar em breve um estudo de viabilidade para fazer a sinalização e melhorias pontuais na travessia da avenida Centenário, da ERS-030 e para o distrito industrial de Gravataí”, afirmou o secretário Costella.

Duplicação na reta final

Iniciada há 14 anos e interrompida diversas vezes por falta de recursos, a obra de duplicação dos 21,5 quilômetros entre Sapucaia do Sul e Gravataí foi retomada pela atual gestão em junho de 2019 com o compromisso de não paralisá-la até a conclusão. A previsão de entrega total foi reafirmada pelo governador para o fim deste ano.

Estão em fase final de conclusão o viaduto sobre o trensurb (no km 1, em Sapucaia do Sul), que deve ser inaugurado em outubro; a restauração total da pista antiga do lote 3 (Km 0 ao 5) e a conclusão do 1,5 km inicial, que serão concluídos até o fim do ano.

Segundo o secretário de Logística e Transportes, a obra está com 95% de execução concluída. Dividida em três lotes, esta última fase conta com financiamento do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) de R$ 131 milhões, dos quais já foram investidos R$ 107 milhões.

Publicidade
Compartilhe essa notícia
error: Não autorizamos cópia do nosso conteúdo. Se você gostou, pode compartilhar nas redes sociais.