Inter vira sobre o Novo Hamburgo e vai para o Gre-Nal na liderança – oreporter.net – Notícias de Cachoeirinha e Gravataí
Enner Valencia fez o gol da virada - Foto: Ricardo Duarte/Inter

Inter vira sobre o Novo Hamburgo e vai para o Gre-Nal na liderança

Colorado sai atrás no placar no estádio do Vale, mas não demorou para virar a partida

O Inter venceu o Novo Hamburgo de virada por 3 a 1, na noite de domingo (18), no estádio do Vale e é o líder do Campeonato Gaúcho 2024. Os gols colorados no confronto saíram dos pés de Alan Patrick, Enner Valencia e Wanderson. Agora, o Clube do Povo foca na preparação da semana Gre-Nal para encarar o clássico do próximo domingo, válido pela penúltima rodada da primeira fase do estadual.

Publicidade

Diferente da maioria das equipes do interior, o Novo Hamburgo mostrou uma equipe bastante organizada no ataque e o início do confronto se desenrolava com uma tensão na defesa colorada.

Publicidade

Logo aos 8 minutos, o Inter chegou no ataque com Wanderson, que lançou um passe preciso para Alan Patrick, mas o camisa 10 não conseguiu converter em gol. Logo em seguida, o Novo Hamburgo abriu o placar com um gol de Luam Parede, após cruzamento certeiro de Tanque.

A resposta do Internacional não demorou. Aos 16 minutos, Wanderson driblou a defesa e arriscou um chute, que resultou em escanteio para o Inter. Enquanto isso, Bruno Henrique tentava furar o bloqueio, mas a defesa do Novo Hamburgo se mostrava firme.

Publicidade

Mas aos 26 minutos, a torcida colorada explodiu em comemoração no estádio do Vale quando Alan Patrick empatou o jogo, recebendo um passe magistral de Enner Valencia a partir da ponta esquerda. Novo Hamburgo 1 x 1 Internacional.

O Internacional pressionava, mas o Novo Hamburgo resistia bravamente e por vezes assustava no contra ataque.

Aos 43 minutos, Alan Patrick retribuiu a assistência e encontrou Enner Valencia, que se movimento entre os zagueiros, dominou a bola e soltou uma bomba de dentro da área, virando o jogo para o Inter. O Inter havia virado o jogo ainda na primeira etapa e mostrava muita tranquilidade antes do intervalo.

Logo aos 10 minutos da segunda etapa, Wanderson aproveitou um cruzamento de Bruno Henrique e balançou as redes de cabeça, ampliando a vantagem do Internacional.

Com o 3 x 1 no placar, o Inter povoou o campo de ataque e não deixava espaços para o Novo Hamburgo sair para o o jogo. Aos 21 minutos, Lucas Alario fez o pivô e tabelou bonito com Alan Patrick. O centroavante argentino quase marcou, em uma tentativa que passou rente a trave.

Após a expulsão de Patrick Maranhão, aos 27 minutos, e com as substituições promovidas por Eduardo Coudet, o Inter dominou o Novo Hamburgo em pleno estádio do Vale. Nos minutos finais da partida, o Nóia passou longe do gol de Anthoni, que havia trabalhado com mais afinco na primeira etapa.

A partida seguiu com menos intensidade, com alguns lances de perigo principalmente por parte do Internacional. Hyoran e Enner Valencia tentaram, mas não conseguiram alterar o placar. Maticoli, em uma defesa magistral, impediu o quarto gol do Internacional aos 48 minutos.

E assim, ao soar do apito final aos 49 minutos, o estádio do Vale testemunhou o término de um confronto marcado por reviravoltas, emoções e momentos de puro talento futebolístico. O Internacional saiu vitorioso, mas o Novo Hamburgo mostrou sua garra e determinação em campo. O futebol, mais uma vez, proporcionou uma experiência única e inesquecível para os apaixonados torcedores.

error: Não autorizamos cópia do nosso conteúdo. Se você gostou, pode compartilhar nas redes sociais.