Inter perde na Arena Pantanal para o Cuibá - oreporter.net - Notícias de Cachoeirinha e Gravataí
Inter jogou de preto em homenagem ao Mês da Consciência Negra -Foto: Ricardo Duarte/Inter

Inter perde na Arena Pantanal para o Cuibá

No sábado, com a possibilidade de o Beira-Rio receber lotação máxima, o Inter enfrenta o Flamengo

Fora de casa, o Internacional foi superado pelo Cuiabá, nesta quarta-feira (17), pelo placar de 1 a 0. Elton marcou o gol dos locais no confronto, que será sucedido, no calendário colorado, por embate com o Flamengo. Válido pela 34ª rodada do Brasileirão, o clássico ocorre no próximo sábado (20), a partir das 21h30, no Beira-Rio. 

Cuiabá e Inter disputaram um primeiro tempo de poucas emoções, as quais, em sua maior parte, foram oferecidas pelo time da casa. Jorginho apostou nas combinações de Max e Clayson para incomodar a zaga colorada, que conseguiu proteger com relativo sucesso a entrada da área, mas sofreu com arremates de longa distância. Diante desses, contudo, Lomba demonstrou segurança para manter o placar zerado.

Publicidade

As principais ocorrências da etapa inicial, que se diga, estiveram concentradas no extracampo. Imponente e bela, a nova camisa preta do Inter, lançada junto à adidas em homenagem à Consciência Negra, foi a primeira usada pelo Clube do Povo em uma partida oficial de sua história. Além dela, a queda de luz, que paralisou o jogo por quase 10 minutos, também marcou o primeiro tempo do duelo.

O Colorado retornou dos vestiários com a entrada de Edenilson, que, após participar de duelo da Seleção Brasileira com a Argentina, disputado fora de casa na noite de terça-feira (16/11), se integrou à delegação alvirrubra já nesta quarta. Uma vez em campo na Arena Pantanal, o camisa oito, apesar de qualquer possível desgaste pela maratona de voos encarada, ajudou o Inter a construir maior volume ofensivo, embora incapaz de balançar as redes douradas.

Publicidade

À medida que o jogo tomou contornos de maior posse colorada, o Cuiabá reduziu suas ofensivas às escapadas que construía pelos lados do campo, especialmente pela esquerda. De uma dessas, Felipe Marques cruzou bola cortada pelo braço de Johnny. Flagrada pela arbitragem, a penalidade foi convertida por Elton, solitário artilheiro da noite na Arena Pantanal.

error: Não autorizamos cópia do nosso conteúdo. Se você gostou, pode compartilhar nas redes sociais.