Inter larga em desvantagem nas quartas da Copa do Brasil - oreporter.net - Notícias de Cachoeirinha e Gravataí
Edenilson em ação no jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil - Fotos: Ricardo Duarte/Inter

Inter larga em desvantagem nas quartas da Copa do Brasil

Para ficar com a classificação às semifinais, o Colorado precisará vencer por dois gols de diferença o jogo de volta

O Internacional foi derrotado por 1 a 0 pelo América-MG na noite desta quarta-feira (12), no Beira-Rio, pelo confronto de ida das quartas de final da Copa do Brasil. Para ficar com a classificação às semifinais, o Colorado precisará vencer por dois gols de diferença o jogo de volta, na próxima quarta (18), em Belo Horizonte.

Publicidade

Vitória por um gol de diferença levaria a decisão da vaga para os pênaltis. No sábado (14), o Inter defenderá a liderança do Brasileirão diante do Santos, na Vila Belmiro.

América-MG marca na etapa inicial

Um dia depois de ser oficialmente apresentado, Abel Braga reestreou à beira do gramado do Gigante. Sem tempo para treinar, Abelão manteve a base do time utilizada no último jogo. As novidades foram Uendel ocupando a lateral esquerda e Thiago Galhardo reassumindo a dupla de ataque com Abel Hernández após cumprir suspensão na última rodada do Campeonato Brasileiro.

Publicidade
Abel Braga comandou o time pela primeira vez nesta que é a sua sétima passagem pelo Clube do Povo

Quando a bola rolou, foi o América-MG que deu as cartas. Com rápidas escapadas ao ataque, o time treinado por Lisca abriu o placar aos 12min, em cabeceio de Rodolfo. Aos 23min, uma baixa: Patrick sentiu lesão muscular e não pôde continuar no jogo, sendo substituído por Peglow. O Inter tinha dificuldades em finalizar, enquanto os visitantes eram perigosos nas suas investidas no ataque.

Colorado não evita derrota

O Inter voltou para a etapa final tentando pressionar, mas o América-MG conteve o ímpeto colorado e esteve perto de ampliar aos 4min. Com o passar do tempo, a equipe de Belo Horizonte se retraiu ainda mais em campo, especulando nos contra-ataques. O Colorado trocava muitos passes no plano ofensivo, mas sem conseguir criar jogadas efetivas. Abel mexeu no time, colocando D’Alessandro, Nonato e Yuri Alberto, mas o empate não foi possível.

Publicidade
Compartilhe essa notícia
error: Não autorizamos cópia do nosso conteúdo. Se você gostou, pode compartilhar nas redes sociais.