Inter larga em desvantagem na semifinal do Gauchão - oreporter.net - Notícias de Cachoeirinha e Gravataí
O Inter perdeu para o Juventude- Foto: Ricardo Duarte/Inter

Inter larga em desvantagem na semifinal do Gauchão

No castigado gramado da Montanha dos Vinhedos, em Bento Gonçalves, o Inter acabou superado pelos mandantes, placar de 1 a 0

O Inter visitou o Juventude, a partir das 16h deste domingo (2), para a disputa dos primeiros 90 minutos das semifinais estaduais. No castigado gramado da Montanha dos Vinhedos, em Bento Gonçalves, o Inter acabou superado pelos mandantes, placar de 1 a 0. Com o resultado, o Colorado joga por vitória de dois ou mais gols de diferença na partida de volta, no Beira-Rio.

Publicidade

Em caso de triunfo alvirrubro pela diferença mínima, o confronto, que ocorre às 19h do próximo sábado (8), será decidido nos pênaltis. Antes disso, o Inter volta a campo pela Libertadores, torneio pelo qual recebe o Olimpia-PAR, nesta quarta-feira (5), pela terceira rodada do grupo B. O embate continental está marcado para as próximas 21h.

Gramado complicou

Bastante duro, o gramado da Montanha dos Vinhedos prejudicou demais o estilo de jogo das duas equipes, deixando a bola excessivamente viva e comprometendo qualquer tentativa de troca de passes mais elaborada. Consequência direta das condições do solado, a etapa inicial correu em ritmo mais truncado, e contou com minutos de abertura marcados por muito estudo e adaptação das duas partes.

Publicidade

Mais retraído, o Juventude levou perigo principalmente nos escapes de Wescley, autor de dois cruzamentos não completados por Matheus Peixoto. Dono das melhores oportunidades, o Inter assustou nas ocasiões em que grou superioridade pelo corredor esquerdo, fruto da movimentação de Mauricio, Moisés, Patrick e Yuri. Insuficientes, as chances de um lado e outro não alteraram o placar antes do intervalo.

Árbitro erra, adversário marca

As equipes retornaram do intervalo dispostas a explorar a velocidade de seus pontas. Primeiro, quem assustou foi o Juventude, através dos escapes de Marcos Vinicios. Na sequência, Palacios decidiu investir no mano a mano e, após entortar Eltinho, foi parado por um destrambelhado Marcelo Carné. Pênalti, assinalado pela arbitragem, mas anulado após consulta ao vídeo.

Além de inexplicável, a anulação da penalidade também consumiu muitos minutos de jogo. O ritmo, obviamente, foi impactado, com os instantes seguintes correndo sem grandes emoções. Apenas na casa dos 20 o time da casa voltou a assustar, quando Marcos Vinicius abriu o placar. O gol, apesar da pressão colorada nos movimentos finais, foi o único da tarde em Bento Gonçalves.

Publicidade
Compartilhe essa notícia
error: Não autorizamos cópia do nosso conteúdo. Se você gostou, pode compartilhar nas redes sociais.