Inter dá vexame e é goleado pelo Fortaleza no Castetão - oreporter.net - Notícias de Cachoeirinha e Gravataí
Pior placar da história recente do Inter - Foto: Ricardo Duarte/Inter/Divulgação

Inter dá vexame e é goleado pelo Fortaleza no Castetão

Inter entrou em campo com um time formado em sua maioria por jogadores reservas e a estratégia não deu certo

Jogando no estádio do Castelão, na capital cearense, o Fortaleza se aproveitou de uma tarde desastrosa do Internacional e goleou o adversário por 5 a 1 neste domingo (6). Com o resultado, o Leão do Pici pulou para a liderança do Campeonato Brasileiro, com seis pontos e saldo de cinco gols. O Internacional, em início ruim, tem apenas um ponto em duas partidas.

O O vice-presidente de futebol, João Patrício Herrmann, reconheceu ter vivido a “maior vergonha” de sua carreira como dirigente do Inter e prometeu que haverá mudanças internas. O técnico Miguel Ángel Ramírez está mantido e Hermann afirmou que acredita que o comandante não seja intransigente a ponto de não aceitar sugestões. Uma eventual demissão do treinador implicaria em o Inter ter que pagar cerca de R$ 10 milhões pela rescisão do contrato, dinheiro que o clube não tem.

Publicidade

No próximo domingo (13/06), o Colorado visita o Bahia, às 18h15, pelo Nacional. Antes disso, o Clube do Povo recebe o Vitória, às 21h30 desta quinta (10/06), pelo jogo de volta da terceira fase da Copa do Brasil.

O Tricolor cearense abriu boa vantagem em um primeiro tempo que contou com participação ativa do VAR (árbitro de vídeo). Aos 21 minutos, Lucas Crispim cobrou falta, a bola bateu na trave e no rebote Titi apareceu sozinho para completar para o gol vazio. Foi marcado impedimento do zagueiro no campo, mas, após análise do árbitro de vídeo, o gol foi confirmado.

Publicidade

Aos 45, outro lance capital: o zagueiro Pedro Henrique disputou a bola com o atacante Robson e, após chegar com o pé levantado, atingiu o adversário na altura do peito. A princípio, o árbitro Paulo Roberto Alves Júnior aplicou apenas o cartão amarelo, mas, após alerta do VAR, trocou o amarelo pelo vermelho, expulsando Pedro Henrique.

Na cobrança da infração, Lucas Crispim levantou na área e o próprio Robson apareceu para ampliar, de cabeça.

Na volta do intervalo, o Internacional mal teve tempo de se recompor e já sofreu o terceiro gol. Yago Pikachu apareceu livre na área após cobrança de lateral e, de primeira, chutou forte para acertar o ângulo de Marcelo Lomba, marcando um belo gol. Foi o terceiro dele na competição, da qual é o artilheiro até agora.

Pouco depois, o Leão ampliou em lance que exemplificou bem a tarde infeliz do Internacional. Robson tocou na saída de Lomba, mas a bola não entraria. O zagueiro Zé Gabriel, no entanto, se afobou e, ao tentar afastar, mesmo sem sofrer pressão de nenhum adversário, acabou estufando as redes do próprio time.

Praxedes descontou, de cabeça, aos 16, e Wellington Paulista, já no final, teve tempo para ampliar o placar. Depois de vencer o Atlético-MG fora de casa na estreia, o Fortaleza conseguiu o segundo triunfo de respeito em dois jogos.

Publicidade

Compartilhe essa notícia
error: Não autorizamos cópia do nosso conteúdo. Se você gostou, pode compartilhar nas redes sociais.